Lauda inicia voos para Estugarda em Março

A Lauda anunciou hoje que vai começar a voar entre o Porto e Estugarda, na Alemanha, a partir do dia 31 de Março 2020. Os voos terão duas frequências semanais (3ªf e Sábados) em equipamento Airbus 320. Será a 2ª ligação direta da companhia no Porto, depois de Viena, que arranca no próximo mês de Outubro.

A ligação a Estugarda é operada de forma direta pela easyJet desde 2015, tendo neste momento três frequências semanais (2ªf, 4ªf e 6ªf). Com a entrada da Lauda, salvo alteração de horários, haverá um total de cinco frequências diretas por semana entre o Porto e Estugarda.

Continuar a ler Lauda inicia voos para Estugarda em Março

Aigle Azur declara-se insolvente e termina voos para Portugal com efeito imediato

Após a declaração de insolvência no inicio da semana, a Aigle Azur fechou ontem as reservas para todos os seus voos a partir do dia 10 de Setembro. No caso das rotas portuguesas, nomeadamente do Porto, a companhia confirmou o cancelamento com efeito imediato, não havendo nenhum voo disponível para reserva neste momento.

O anúncio oficial não faz menção a nenhum tipo de protecção ou reembolso para os passageiros com reservas marcadas. No entanto, a Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) confirmou aos seus associados que a Aigle Azur não prevê protecção destes passageiros afectados, recomendando pedidos de reembolso e compensação o antes possível. (Atualização 6 Setembro: a Aigle Azur criou uma página online para pedidos de reembolso e compensação pelas viagens canceladas: https://www.aigleazur.online/)

Continuar a ler Aigle Azur declara-se insolvente e termina voos para Portugal com efeito imediato

TAP anuncia nova reformulação da operação no Porto

A TAP anunciou uma forte reformulação da sua operação, abandonando a política de crescimento agressivo e de diversificação de mercados e adotando uma de maior contenção e foco nos destinos mais rentáveis. No caso do Sá Carneiro, isso significa pelo menos alterações em 6 dos 17 destinos diretos servidos a partir do Porto: Barcelona, Funchal, Lisboa, Londres, Madrid, Nova Iorque e São Paulo. A esses há que somar Lyon, rota que estava previsto iniciar em aproximadamente um mês, mas que vai ficar na gaveta.

Recorde-se que a transportadora nacional apresentou um prejuízo de 118 milhões de euros em 2018, equivalente a uma margem negativa de quase 4%. Numa altura em que as grandes companhias europeias estão a rever em baixa as suas previsões de lucro, e que os acionistas privados da TAP preparam a abertura do capital à bolsa, uma política comercial mais conservadora parece quase óbvia.

Continuar a ler TAP anuncia nova reformulação da operação no Porto