Análise: Potencial de mercado para Londres Heathrow

Com mais de 80 milhões de passageiros por ano, o aeroporto londrino de Heathrow é o maior aeroporto europeu e um dos 10 maiores do mundo. É também um dos mais condicionados, com as suas duas pistas a operarem perto de 100% de capacidade. Heathrow é atualmente um dos principais destinos de médio curso não servido a partir do aeroporto do Porto, tendo sido operado de forma direta pela última vez em 2015 pela British Airways.

Sumário:

  • Heathrow é o principal aeroporto londrino e um hub global chave;
  • Porto – Londres é uma das principais rotas europeias sem voos que permitam ligações em Heathrow;
  • A British Airways é o único operador capaz de explorar a rota com componente de trânsito para outros destinos;
  • Procura crescente de/para destinos de longo curso fortalece o establecimento da rota;
  • Elevados custos operacionais e falta de slots são os principais obstáculos.

Tempo estimado de leitura: 15 min.

Continuar a ler Análise: Potencial de mercado para Londres Heathrow

Análise: Mercado espanhol bate recordes. Madrid e Barcelona concentram >85% da procura

Com um crescimento de 25% em 2018 e com a abertura de três novos destinos este ano, o espanhol é sem dúvida um dos mercados quentes do aeroporto do Porto neste momento.

Apesar da curta distância física e da proximidade económica e cultural, o mercado foi ignorado durante muitos anos, ficando praticamente restrito a voos para Madrid, Barcelona e aos habituais charters de Verão. Hoje a oferta é muito mais completa, havendo voos regulares entre o Porto e 12 destinos em Espanha, embora Madrid e Barcelona ainda concentrem o grosso da procura.

Esta é uma análise de duas partes. Na primeira olhamos para o mercado de uma forma global, caracterizando a oferta a partir do Porto e comparando-a com os restantes aeroportos da faixa atlântica. Na segunda parte a análise será destino a destino, para identificar de forma detalhada onde estão as oportunidades para o desenvolver.

Sumário

  • Mercado espanhol é atualmente o 3º maior do AFSC e um dos que mais tem crescido;
  • Madrid e Barcelona responsáveis por 86% da procura Porto-Espanha em 2018;
  • Inicio de voos diretos a Alicante, Bilbau, Málaga e Sevilha nos últimos 12 meses sinaliza foco crescente em rotas fora Madrid e Barcelona, mas frequências ainda são reduzidas;
  • Operação charter cada vez mais forte, mas sem sinergias com operadores regulares;
  • Comparação com peers regionais pouco favorável, mas demonstra margem de crescimento;

Tempo estimado de leitura: 10 min.

Continuar a ler Análise: Mercado espanhol bate recordes. Madrid e Barcelona concentram >85% da procura