Programação de Inverno da Aigle Azur

Já se encontra carregada a programação da transportadora francesa Aigle Azur para a próxima temporada de Inverno (W11). A única rota que opera no Porto, Paris (Orly), vai manter o mesmo voo diário que já dispunha na temporada passada (W10), estando previstas 6 frequencias com equipamento Airbus A321, com 214 lugares, e 1 com A320 de 174 lugares.

                              Horário                                 Dias de operação*

ZI315 – 16:40 ORY – 17:45 OPO                  1 – 3 – 5

ZI316 – 18:45 OPO – 21:50 ORY                  1 – 3 – 5

ZI311 – 07:30 ORY – 08:35 OPO                  2 – 4 – 6 – 7

ZI312 – 09:30 OPO – 12:35 ORY                  2 – 4 – 6 – 7

*1- Domingo  2- Segunda-feira  3- Terça-feira  4- Quarta-feira  5-Quinta-feira  6-Sexta-feira  7-Sábado

A321 da Aigle Azur na ponta Sul do terminal de passageiros. Foto tirada por Olivier Corneloup

A Aigle Azur tem sido um dos destaques deste ano, por ter conseguido aumentar em mais de 20% o número de passageiros transportados, tornando-a numa das companhias com maior crescimento percentual. Este aumento deve-se principalmente à utilização mais frequente dos A321 e a um aumento muito significativo das ocupações médias.

Programação de Inverno da easyJet

A programação Inverno IATA 2011 (W11) da terceira companhia do Aeroporto do Porto caracteriza-se este ano por uma irregularidade muito pouco comum. Com o objectivo de reduzir ao máximo eventuais perdas e maximizar os ganhos, a low-cost inglesa prepara-se para efectuar um forte ajuste da oferta consoante a procura semana a semana:

BSLBasileia/Mulhouse/Friburgo: Será das 6 aquela com o maior reforço (%) em nº de lugares para W11. Terá entre 4 e 9 frequencias semanais, seguindo a seguinte distribuição:

GVAGenebra: A rota estrela da easyJet no Porto vai ser reforçada com 2 frequencias semanais aos sábados e segundas, passando a ter 3 voos diários durante esses dias e um total de 16 frequencias semanais. O habitual reforço no período do Natal também não foi esquecido:

LGWLondres (Gatwick): A rota mantém-se inalterada relativamente ao inverno passado, com 1 voo diário durante toda a temporada.

LYSLyon: Mantém 5 voos semanais, excepto em Janeiro, mês em que serão suspensos os voos das quartas-feiras, ficando com 4 voos semanais até ao final do mês.

MXPMilão (Malpensa): Terá entre 2 e 5 frequencias semanais, o que equivale a um corte de 31% no número de lugares disponíveis comparativamente a W10.

CDG – Paris (Charles de Gaulle): A frequência dos voos varia entre 5 e 12 semanais, e é a rota que vai sofrer os cortes mais duros de todas as 6:

*1- Domingo  2- Segunda-feira  3- Terça-feira  4- Quarta-feira  5-Quinta-feira  6-Sexta-feira  7-Sábado

A319 com a terminal de passageiros de OPO em pano de fundo. Foto tirada por Carlos Seabra

A easyJet é a terceira maior companhia de passageiros no Aeroporto do Porto, com 511.602 passageiros, e a segunda com o maior crescimento em 2011, com um saldo positivo de 74.084 passageiros transportados.

Programação de Inverno da Lufthansa

Aquela que é a quarta maior companhia do Aeroporto do Porto já tem a sua programação definida para a próxima temporada de inverno. Depois de uma tentativa falhada para a introdução de um 4º voo diário (não necessariamente para FRA), a Lufthansa mostra que o seu compromisso com o Porto vai ser mesmo reforçado, ainda que por enquanto mantendo as mesmas 3 frequencias diárias para Frankfurt. Desta forma, o aumento será feito através da utilização de aviões de maior capacidade, ou seja, através da substituição dos A319 por A320 (até 31 Dezembro 2011) e A321 (a partir de 1 Janeiro 2012). Serão ainda introduzidas pequenas mudanças horárias:

LH1181 – 06:00 OPO – 09:55 FRA*                            LH1176 – 09:10 FRA – 10:55 FRA

LH1177 – 11:45 OPO – 15:30 FRA                            LH1178 – 14:15 FRA – 16:00 OPO

LH1179 – 16:55 OPO – 20:40 FRA                            LH1180 – 21:10 FRA – 22:55 OPO

*Às quintas e domingo este parte do Porto às 06:05 e chega e Frankfurt às 10:00

A linha de Frankfurt é um sucesso em toda a linha, já que não só apresenta elevadas ocupações, mas também transporta grandes quantidades de carga. No caso do transporte de passageiros, a transportadora alemã regista este ano um crescimento de 4,5%, devendo no final de 2011 aproximar-se dos 300.000 passageiros. No caso da carga, comparativamente outros aeroportos ibéricos como Bilbao, Lisboa, Madrid ou Barcelona, com maior número de frequencias e destinos, verifica-se que a rota Porto-Frankfurt consegue sozinha bater toda a operativa da companhia alemã tanto em Bilbao como em Lisboa, e ainda não se afastar muito dos valores de Madrid e Barcelona:

Gráfico comparativo da operação de carga da Lufthansa nos aeroportos do Porto (OPO), Lisboa (LIS), Barcelona (BCN), Bilbao (BIO) e Madrid (MAD), no ano 2010

A Lufthansa festejou em Maio o 30º aniversário da sua operação no Aeroporto do Porto (ver: Lufthansa comemora 30 anos de operação no Porto), altura em que Nikolas Wirtz, director-geral da Lufthansa para Portugal, não escondeu o seu agrado com os resultados obtidos até à altura, tecendo rasgados elogios ao desempenho da linha de Frankfurt.

Royal Air Maroc despede-se do Porto

Depois de sucessivos adiamentos de novas frequencias por baixa procura, a Royal Air Maroc decidiu desta vez pelo cancelamento para a temporada de inverno da sua única rota no Porto, Casablanca. Este corte será visível já durante o mês de Setembro, já que foram retirados todos os voos tanto dos sistemas de distribuição, bem como do próprio site da companhia para este periodo (excluindo dia 1).  Durante o mês de Outubro mantém-se ainda 4 frequencias semanais programadas, e que podem ainda ser reservadas, sendo o último voo no dia 27 de Outubro . No entanto, e atendendo ao histórico da companhia, não há garantia de que se realizem todas estas frequencias.

Infelizmente, a rota não começou com o pé direito (viu inclusivamente uma frequência semanal cancelada nas primeiras semanas), e a partir daí nunca mais se levantou, contrariando por completo as expectativas dos responsáveis da RAM, que consideraram que estariam reunidos “todos os ingredientes para que, num ano, esta rota passe a ter um voo diário”.

Tabela relativa às estatísticas da Royal Air Maroc no Porto entre Dezembro de 2010 e Julho 2011

No entanto, fica o sentimento de que poderia ter sido feito muito mais para que a rota fosse bem sucedida. Desde logo, o prometido code-share com a TAP teria permitido, com os actuais horários, ligações com destinos como Lisboa, Barcelona, Madrid, Genebra, mas principalmente Paris. Utilizando um exemplo muito simples, se considerarmos 1 passageiro em ligação entre cada um destes destinos e Casablanca, a ocupação média por voo subiria quase 9%.

O atentado do dia 28 de Abril no coração turístico de Marrakech teve contribuiu também para o insucesso da rota, sentindo o efeito negativo nas viagens para Marrocos tal como outras linhas Europa-Marrocos. Segundo El Filali, agora ex-delegado da RAM para Portugal, “o início das operações da Ryanair entre o Porto e Marraquexe” também teve impacto nos números da rota.

Por fim, o difícil inverno que se avizinha para a aviação comercial leva as companhias a repensar a sua rede por forma a manter rentabilidade, e foi também aqui que a fragilidade da rota se mostrou.

ATR-72 da companhia de bandeira marroquina. Foto tirada por Carlos Seabra

Roma (Ciampino) e Milão (Bergamo) ganham novas frequencias semanais no inverno – 4 e 5xw respectivamente

Uma das mais recentes adições à lista de destinos da Ryanair no Porto, Roma (Ciampino), parece estar a ganhar o seu espaço e prepara-se para receber uma nova frequência semanal, aos domingos. Esta nova frequência, juntamente com os novos horários, revestem-se de especial importância por permitirem aos passageiros passar o fim-de-semana, quer no Porto quer em Roma. Em relação à temporada de inverno passada (W10), quando se iniciou a ligação com 2xw, há um aumento de duas frequencias semanais.  Seguem-se os horários:

FR9132 – 17:15 CIA – 19:35 OPO

FR9133 – 19:35 OPO – 23:30 OPO

Desta forma, a Ryanair passa a disponibilizar mais 154 lugares semanais para Roma do que a TAP, que tem um voo diário para Fiumicino.

Também a ligação com Milão (Bergamo) vai ser reforçada com uma frequência semanal, aos sábados. Comparativamente a W10, há ainda que somar a quarta frequência introduzida na presente temporada, ou seja, a rota passará a ter 5 frequencias semanais, um valor já próximo do voo diário que existiu até 2008. A ligação com Milão (Bergamo) registou até Julho um crescimento de 11,4% e 35.618 passageiros transportados, valores que ainda assim estão muito distantes dos apresentados nas ligações com Milão (Malpensa) operadas pela TAP e pela easyJet, que durante o mesmo periodo apresentam 65.359 passageiros e um crescimento de 30,6% relativamente a 2010. Os horários da nova frequência são os seguintes:

FR4702 – 16:55 BGY – 18:35 OPO

FR4703 – 19:00 OPO – 22:35 BGY

Boeing 737-800 da Ryanair em processo de de-icing. Foto tirada por Alexandre Dubath

Quanto ao resto da programação de inverno (W11) da Ryanair no Francisco Sá Carneiro, neste momento ainda não está completamente definida, mas em linhas gerais e salvo alterações de última hora, para além deste reforço teremos menos um avião na base e pelo menos 5 rotas canceladas relativamente a W10.

Programação de Inverno da Air Transat

A aposta da Air Transat pelo mercado português depois da transição para companhia regular, vai manter-se durante a próxima temporada. A principal companhia leisure canadiana vai manter uma frequência semanal com Toronto às segundas-feiras, utilizando aviões A310 com 249 lugares. O voo fará parte de um triangular Toronto – Lisboa – Porto, sendo que os passageiros que embarcarem no Porto seguem directamente para o Canadá. No entanto, durante o período compreendido entre 11 de Dezembro e 9 de Janeiro, devido ao aumento esperado da procura, a Air Transat fará esses voos sem qualquer escala.

6 Nov. a 4 Dez. e a partir de 15 Jan.                                          11 Dez. a 9 de Jan.

TS732 – 19:05 YYZ – 9:15 (+1) OPO                    TS732 – 21:00 YYZ – 8:55 (+1) OPO

TS733 – 10:40 OPO – 13:45 YYZ                    TS733 – 10:20 OPO – 13:20 YYZ

Programação de Inverno da Air Nostrum

O braço regional da Iberia, a Air Nostrum já tem carregada a programação para a temporada de Inverno IATA deste ano. Na única ligação regular que mantém, com o aeroporto de Madrid, a transportadora vai manter os 20 voos semanais (4 diários excepto ao sábado, onde continuará a ter 3). A única alteração que se vai produzir será no tipo de avião utilizado, já que todas as frequencias estão previstas com os novos Bombardier CRJ-1000, com 100 lugares, em vez dos habituais CRJ-900 e CRJ-200. Este aumento de 22,2% corresponde a 140 lugares diários ou 980 semanais em ambos sentidos.

A introdução de um avião com maior capacidade no primeiro voo diário da companhia (IB8720/8721), reveste-se de especial importância por poder responder ao maior estrangulamento da rota, que ao ter essa frequência efectuada quase exclusivamente pelos CRJ-200 de 50 lugares, não conseguia responder à procura tanto de passageiros de conexão, como de passageiros de negócios. Soma-se a isto o facto do novo avião ser mais económico que os modelos mais antigos, o que permitirá uma politica de pricing mais competitiva em relação à concorrência.

Madrid - Porto foi uma das rotas inaugurais dos primeiros CRK. Quase um ano depois vão passar a ser a regra em vez da excepção. Foto tirada por Carlos Seabra

Os horários continuam os mesmos que na temporada anterior:

2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª, Sáb, Dom

IB8720 – 08:00 MAD – 08:05 OPO                               IB8721 – 08:35 OPO – 10:45 MAD

IB8726 – 11:35 MAD – 11:40 OPO                               IB8727 – 12:40 OPO – 14:50 MAD

IB8722 – 15:45 MAD – 15:50 OPO                               IB8723 – 16:30 OPO – 18:40 MAD

2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª, Dom

IB8724 – 19:30 MAD – 19:35 OPO                               IB8725 – 20:25 OPO – 22:35 MAD

Quanto a possíveis novas rotas, neste momento não está nada planeado, e é muito pouco provável que vejamos novidades nesse sentido.

Programação de Inverno da Brussels Airlines

Uma das companhias que mais tem crescido no AFSC, a Brussels Airlines, já definiu a sua programação de inverno para o Porto. A companhia belga vai manter as suas 4 frequencias semanais, às segundas, quartas, sextas e domingos. Todas as frequencias estão programadas com aviões Boeing 737-300, de 142 lugares, excepto a frequência de domingo, que vai ser feita com B737-400, com 164 lugares. No entanto, por ainda faltar algum tempo para o inicio da temporada, esta programação pode ser alterada a qualquer momento.

SN3811 – 12:00 BRU – 13:30 OPO

SN3812 – 14:00 OPO – 17:25 BRU

Os Boeing 737 vão voltar a dominar a operação da Brussels no inverno. Foto tirada por Carlos Seabra

Programação de Inverno da Transavia

A Transavia já apresentou a sua programação de voos para a temporada Inverno IATA, que se inicia a 30 de Outubro, com dados pouco animadores.

A rota do Funchal vai ver cancelada a sua frequência de quarta-feira, ficando a rota com 3 voos semanais, às segundas, sextas e domingos, ou seja, menos uma frequência semanal que em igual período do ano passado.

O mesmo futuro terá a linha de Paris (Orly), que também vai ver eliminada a frequência de quarta-feira que fazia o voo Paris (Orly) – Funchal, com escala no Porto. A ligação com a capital francesa passa a ter 11 frequencias semanais por sentido, uma menos que na temporada passada.

Por fim, Nantes vai continuar a manter o estatuto de sazonal, ou seja, volta a não figurar da programação da temporada.

No entanto, esta programação pode ser alterada a qualquer momento, nomeadamente em períodos festivos.

Um dos Boeing 737-800 da low-cost francesa, na pista do AFSC. Foto tirada por Carlos Seabra (4/7/2010)

Dito isto, o corte é da ordem dos 12,5% relativamente ao número de lugares disponíveis comparativamente à temporada Inverno 2010, o equivalente a 744 lugares semanais. No entanto, este calculo não tem em conta a divisão de lugares entre as frequencias Porto-Paris (Orly) e Porto-Funchal com a Funchal-Paris (Orly), pelo que os números reais podem não coincidir com estes.