Depois do Funchal segue-se Paris

Depois de ter anunciado um reforço de frequencias para o Funchal, a Transavia vai reforçar também a rota de Paris (Orly) como forma de responder ao “aumento da procura durante a época alta do ano”. As frequencias adicionais serão efectuadas entre os dias 4 de Julho e 4 de Setembro, às terças (26 de Julho a 30 de Agosto), quintas (de 14 a 21 de Julho e de 4 de Agosto a 1 de Setembro), sextas (22 de Julho a 2 de Setembro) e domingos (3 de Julho a 4 de Setembro). Será feita também uma frequência adicional no dia 3 de Setembro. Desta forma a transportadora terá 17 frequencias semanais por sentido entre o Porto e Paris durante o mês de Agosto.

No total vão realizar-se mais 62 voos, resultando num aumento da oferta em 11.532 lugares, e que vem contribuir para a liderança indiscutível de Paris como principal destino do aeroporto do Porto. Durante Agosto, haverão 88 voos semanais por sentido para a capital francesa, distribuídos por 5 companhias.

Programação de Inverno da Transavia

A Transavia já apresentou a sua programação de voos para a temporada Inverno IATA, que se inicia a 30 de Outubro, com dados pouco animadores.

A rota do Funchal vai ver cancelada a sua frequência de quarta-feira, ficando a rota com 3 voos semanais, às segundas, sextas e domingos, ou seja, menos uma frequência semanal que em igual período do ano passado.

O mesmo futuro terá a linha de Paris (Orly), que também vai ver eliminada a frequência de quarta-feira que fazia o voo Paris (Orly) – Funchal, com escala no Porto. A ligação com a capital francesa passa a ter 11 frequencias semanais por sentido, uma menos que na temporada passada.

Por fim, Nantes vai continuar a manter o estatuto de sazonal, ou seja, volta a não figurar da programação da temporada.

No entanto, esta programação pode ser alterada a qualquer momento, nomeadamente em períodos festivos.

Um dos Boeing 737-800 da low-cost francesa, na pista do AFSC. Foto tirada por Carlos Seabra (4/7/2010)

Dito isto, o corte é da ordem dos 12,5% relativamente ao número de lugares disponíveis comparativamente à temporada Inverno 2010, o equivalente a 744 lugares semanais. No entanto, este calculo não tem em conta a divisão de lugares entre as frequencias Porto-Paris (Orly) e Porto-Funchal com a Funchal-Paris (Orly), pelo que os números reais podem não coincidir com estes.

Transavia volta a reforçar a rota do Funchal que passa a ser diária

Depois de ter aumentado a capacidade na rota Porto-Funchal no mês passado, a Transavia volta a ajustar a oferta e passa a oferecer mais duas frequências semanais, às quartas e aos sábados, passando o voo a ser diário. O aumento de 5 para 6 voos semanais entre as duas cidades já estava planeada, sendo que a forte procura que a empresa tem registado levou-a a aumentar mais uma vez a capacidade disponível.

Esta frequência diária vai estar disponível durante os meses de Julho e Agosto, sendo que a partir de Setembro a frequência de Sábado desaparece. No entanto, como a perna Porto-Funchal faz parte do voo Paris (Orly) – Funchal, a capacidade vai ser dividida também com passageiros do aeroporto parisiense.

Os voos serão operados com os habituais B737-800 para 186 passageiros, e com os seguintes horários:

     5ª                                                                   Sábado

TO 3404 – 14:30 OPO – 16:25 FNC                 TO 3406 – 08:35 OPO – 10:30 FNC

TO 3405 – 17:05 FNC – 18:55 OPO                 TO 3407 – 11:05 FNC – 12:55 OPO

Ocupações para a semana 17 a 23 Abril

Numa das melhores semanas do aeroporto, tendo em conta que ainda não estamos na “temporada alta”, apresentam-se os efeitos da presente época para os números do aeroporto e das companhias, com base nas ocupações que tem neste momento asseguradas. Pelo elevado número de frequencias analisadas e pelo tempo que demorou a reunir todos estes números, é possível que alguns estejam já desactualizados devido a procura de última-hora, sendo que o objectivo deste artigo é apenas uma visão geral sobre as principais operações da próxima semana.

A Aigle Azur é uma das companhias com as ocupações mais impressionantes, ainda para mais tendo em conta que opera com aviões A321 com capacidade para 214 passageiros e a forte concorrência que existe em todas as rota de Paris.

Sobre a Air Berlim, que serve em exclusividade a rota Porto-Palma de Maiorca, há a destacar a ocupação de 96% (179 pax.) dia 17 Abril no sentido OPO-PMI. No sentido contrário, os dados são mais interessantes, com 3 frequencias a 100%, nos dias 22, 24 e 25 Abril (174, 174 e 210 pax. respectivamente) e de 96% dia 23 (178 pax.).

O braço regional da Iberia, a Air Nostrum, apresenta ocupações muito boas tanto na primeira frequência diária no sentido OPO-MAD (IB8721), mas principalmente nos voos MAD-OPO, principalmente o segundo da manhã (IB8726). Excluíram-se da tabela os voos IB8727, IB8723 e IB8725 por não apresentarem ocupações consideráveis.

Os principais dados da Brussels Airlines vem nos voos de Bruxelas para o Porto (SN3811), que apresentam sempre ocupações iguais ou superiores a 90%, excluindo dia 20. No sentido OPO-BRU (SN3812), as ocupações vem em linha com o que se passa no resto do ano, tendo sido excluídas da tabela.

Devido ao grande número de frequencias que a EasyJet tem no Porto, algumas ocupações não constam do gráfico por serem inferiores a 80%. Outra alteração em relação às outras tabelas é que devido à imprevisibilidade quanto à aeronave utilizada em algumas rotas (A319 ou A320), substituiu-se o número de lugares ocupados pelo número de lugares disponíveis. Para o calculo das ocupações foi utilizado o A320 para a linha Genebra, sendo o feito com o A319 para todas as outras. Foram retirados da tabela os voos U2 2720 e U2 2722 (OPO-MXP) por não ter ocupações acima dos 80%, excepto o de dia 17 com 84%.

A Lufthansa, apesar da natureza da ligação entre o Porto e Frankfurt, também vai ter 4 frequencias no sentido FRA-OPO bem preenchidas. Dia 19 e 20 os voos com o número LH1178 estão completos a 98% e 96%. Ainda dia 20, outra das 3 frequencias diárias, com o número LH1180, está a 99% de ocupação, e no dia seguinte, a 100%.

A companhia de bandeira do Luxemburgo também se prepara para aproveitar a época com 2 das suas frequencias LUX-OPO com 94% e 100% ocupação. Os voos em causa são os LG3769 de 20 e 21, ambos operados com Boeing B737-700.

Apesar de ter uma presença muito pequena no aeroporto, com apenas 2 frequencias semanais para Casablanca, há a destacar uma ocupação a 100% no voo AT966 (CMN-OPO) de dia 23. Este dado reveste-se de especial importância, tendo em conta os dados pouco favoráveis com que começou a operação em Dezembro do ano passado e que até levaram ao cancelamento quase imediato de uma das frequencias semanais previstas.

Aquela que é nestes momentos a maior companhia no AFSC mostra-se com ocupações excelentes em quase todas as suas rotas. As únicas rotas que não apresentam ocupações acima dos 85% são Carcassone, La Rochelle, Marrakech, Rodez e Tenerife Sul. Algumas rotas não conseguiram ocupações acima dos 85% em apenas um sentido, como é o caso de Bordeus (sentido OPO-BOD), Faro (FAO-OPO), Gran Canária (LPA-OPO), Lille (OPO-LIL), Madrid (OPO-MAD), Memmingen (OPO-FMM), Paris Vatry (OPO-XCR), Pisa (OPO-PSA), St. Etienne (OPO-EBU) e Valência (OPO-VLC).

Como não podia deixar de ser, a SATA também vai ter excelentes ocupações, principalmente na rota de Ponta Delgada, como se pode ver na tabela abaixo.

A TAP não foge à regra e também apresenta excelentes ocupações em muitas frequencias. A destacar a performance das rotas de Paris (Orly), Milão (Malpensa), Roma (Fiumicino), Bruxelas, Luxemburgo e das rotas intercontinentais no sentido Porto. De forma a distinguir os vários aviões, bem como o respectivo número de lugares com que as frequencias vão ser efectuadas, foram utilizadas 6 cores, que podem ser identificadas da seguinte forma:

Foram excluídos da tabela todos os voos com Lisboa, Madrid, Londres (Gatwick) em ambos os sentidos. Também não estão representados alguns voos com partida do Porto para Zurique, Genebra, o TP1583 para o Funchal, e as intercontinentais. Na rota do Funchal, não estão representados os voos com partida do Funchal, havendo apenas 3 frequencias com valores acima dos 80%, como o TP1574 com 92% (122) de ocupação no dia 22, e os TP1580 nos dias 20 e 21 com 92% (122) e 95% (125) respectivamente. No caso de Madrid, no sentido OPO-MAD, apenas a destacar os voos TP702 de dia 18, com 82%, os TP704 de dia 19 e 23 com 82% e 96%, e no sentido MAD-OPO o TP701 de dia 18 com 80%, o TP707 de dia 21 com 91%, e principalmente, o TP703 com 100% de ocupação. Quanto a Londres (Gatwick), apenas a registar o TP334 dia 17 com 89% (117) no sentido OPO-LGW, e os TP337 dia 18 com 89%(117) e TP331 com 92% (121) no sentido inverso. Nos voos à partida do Porto para Zurique e Genebra, bem como nas rotas intercontinentais não foi possível calcular a ocupação.

Na principal rota da Transavia, Paris (Orly), é possível verificar 2 frequencias (TO 3404) a 98%, a 17 (183) e a 20 (182) de Abril, havendo ainda um reforço de uma terceira frequência diária em alguns dias. No domínio domestico, o voo TO 3404 entre o Porto e o Funchal, tem já ocupados 181 lugares, o equivalente a 97% da capacidade .A rota de Nantes, que regressa a 22 Abril, dá um excelente sinal com uma ocupação de 98% (182 pax.) no voo TO 3964.

Transavia quer mais de 20% da quota de mercado da linha do Funchal

Numa entrevista ao Jornal da Madeira, Hélène Abraham, vice-presidente da Transavia France, disse pretender que a sua empresa consiga obter mais de 20% da quota de mercado na rota Porto-Funchal no próximo ano fiscal, contando para isso com as duas novas frequencias semanais. Falou também sobre a escolha do aeroporto Francisco Sá Carneiro para o inicio das operações em Portugal (a rota Paris (Orly)-Porto foi a primeira da empresa francesa), em possíveis novidades e numa futura operação para os Açores.

Um avião Boeing 737-800 ao aterrar no AFSC procedente do Funchal. É com aviões como este que a Transvia opera as rotas desde o Porto. Foto tirada por Carlos Seabra (4/7/2010)

Destacam-se as seguintes partes da entrevista:

Jornal da Madeira – A vossa entrada em Portugal foi através do Aeroporto Sá Carneiro. Porque fizeram essa opção?
Hélène Abraham – Somos uma transportadora de lazer. A comunidade portuguesa em França é grande e provém do norte do país. Em 2007, quando inaugurámos a linha, a única companhia aérea que estava a operar como low-cost era a Ryanair – e só uma vez por dia.
Nós achámos que podia haver lugar para uma companhia francesa. Nós somos uma “low-cost” com tarifa baixa mas atenciosa. Por exemplo, os passageiros têm lugar marcado, o que não obriga a uma correria para encontrar um assento no avião.
A tripulação é simpática e, apesar de nem todos falarem português, temos vários elementos que o conseguem. As informações gravadas também surgem em português. (…)

JM – A Transavia poderá apresentar mais novidades?
HA – Saberão esta semana. Eu trabalho numa empresa que é muito inovadora e, portanto, nós não desvendamos tudo ao mesmo tempo. Temos várias notícias e elas surgirão este Verão.

A entrevista integral pode ser lida aqui

Transavia aumenta frequencias

A companhia aérea Transavia.com anunciou na BTL (Bolsa de turismo de Lisboa) o aumento em duas frequencias semanais às terças e sextas na sua rota Porto-Funchal a partir de 11 de Abril, passando a haver voos diários excepto aos Sábados, e serão operados com aviões Boeing 737-800. O voo Porto-Funchal sai as 14h30, chegando ao Funchal às 16h25. No sentido inverso, sai do Funchal as 17h05, chegando ao Porto às 19h00. Os voos encontram-se à venda até 29 de Outubro e supõe 116 frequencias adicionais (58 em cada sentido) e mais 21576 lugares. Tendo em conta a ocupação média de 70% que a rota obteve nos primeiros nove meses de actividade, podemos esperar um aumento de passageiros na ordem dos 15 000.

Por outro lado, anunciou também o aumento de 3 frequencias semanais na rota Porto-Paris (Orly), passando para 2x dia, e o regresso da sazonal Porto-Nantes, com 2 frequencias semanais as segundas e sextas até ao fim de Outubro.

Estes aumentos vem contribuir para que este ano o Aeroporto Francisco Sá Carneiro consiga chegar aos 6 milhões de passageiros, batendo assim um novo recorde no número de passageiros.