Ryanair apresenta temporada de Verão 2019

FR_Bar

A Ryanair apresentou ontem a sua temporada de Verão 2019 (S19) para Portugal, e como vem sendo habitual, com reforço de destinos no aeroporto do Porto. Para além das ligações a Cagliari, Maraquexe e Sevilha anunciadas para o Inverno 2018 (W18), e que continuarão em S19, somam-se Alicante, Brive e Veneza Treviso. Foram ainda anunciados reforços de frequências para Bruxelas, Dublin, Londres Stansted, Luxemburgo, Malta e Marselha. Segundo Michael O’Leary, com esta operação a Ryanair prevê transportar em 2019 4.2 milhões de passageiros de e para o Porto. Continuar a ler Ryanair apresenta temporada de Verão 2019

Volotea terminou ontem operação regular de S12 para Veneza

A Volotea efectuou ontem o seu último voo regular desta temporada com destino a Veneza. O B717 da companhia aterrou no Francisco Sá Carneiro às 18h39min e descolou 1h07min depois com 115 passageiros a bordo.

O balanço da operação da mais recente companhia a entrar no Francisco Sá Carneiro pode ser considerado positivo, tanto a nível de passageiros como de ocupações médias, nomeadamente quando comparado com alguns dos nossos peers e tendo em conta a idade da empresa. Ainda assim há bastante margem de progressão, essencialmente no tráfego outbound: a companhia demorou muito tempo na disponibilização dos voos aos operadores turísticos (Veneza é um produto forte das agências de viagens), não lançou nenhuma campanha publicitária em Portugal, ao contrário do que aconteceu na vizinha Espanha, e não disponibilizou frequencias e horários competitivos e estáveis aos passageiros durante boa parte da operação.

Resultados das rotas da Volotea entre Veneza e a Península Ibérica até Setembro. Elaboração própria a partir de dados da ANA e da AENA

Até ao final de Setembro 8.943 passageiros utilizaram esta ligação, estabelecendo em 65% a ocupação média dos aviões da Volotea no Porto.

Volotea aterrou pela 1ª vez no Porto

A recém-criada companhia low-cost Volotea iniciou hoje a ligação entre o Porto e Veneza. O Boeing 717 da companhia aterrou no Francisco Sá Carneiro às 13:15 (40 minutos de atraso) e teve direito ao tradicional baptismo com canhões de água. A rotação prevista de 25 min. não foi cumprida, à semelhança do que se verificou nas primeiras semanas de operação em voos domésticos em Itália, o que levou a que o avião descolasse do Aeroporto 1h mais tarde do que o previsto (às 14:07).

A companhia espanhola aproveitou a data para celebrar uma conferencia de imprensa, que contou com a presença de Alfons Claver, director de Comunicação e Relações Institucionais da Volotea, e de Fernando Vieira, director do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. O responsável da transportadora referiu que já foram vendidos através do seu site mais de 4.000 bilhetes, que representam perto de 25% do total de lugares disponíveis para esta temporada. “Estamos expectantes com o início da nossa operação em Portugal. A escolha do aeroporto do Porto como um dos principais destinos a partir da nossa base em Veneza atesta a importância que a cidade do Porto e o Norte de Portugal têm para a Volotea”, disse Alfons Claver. Por sua vez, o director do Aeroporto mostrou-se confiante no sucesso da rota, esperando que a Volotea “em breve, considere que tem que aumentar a sua capacidade e criar novas rotas com o Porto”.

Batptismo do B717 da Volotea, na chegada ao AFSC. Foto tirada por Fernando Lapa

Porto – Veneza

Nº voo Frequência Partida Chegada Equipamento
V7 13871 – 2 – – – – – 13:00 16:50 Boeing 717
V7 13871 – – – – – 6 – 17:00 20:50 Boeing 717
V7 13872 – 2 – 4 – 6 – 13:00 16:50 Boeing 717

Veneza – Porto

Nº voo Frequência Partida Chegada Equipamento
V7 13861 – 2 – – – – – 10:40 12:35 Boeing 717
V7 13861 – – – – – 6 – 14:40 16:35 Boeing 717
V7 13862
– 2 – 4 – 6 – 10:40 12:35 Boeing 717

_________________________________________________________________

1-Segunda-feira    2-Terça-feira    3-Quarta-feira    4-Quinta-feira    5-Sexta-feira    6-Sábado    7- Domingo

1 : De 24 de Abril a 22 de Junho                         2 : A partir de 23 de Junho

As horas são locais

Novo destino, nova companhia: Veneza pelas mãos da Volotea

Apesar de estar em fase de consolidação, o Aeroporto do Porto não pára e prepara-se para adicionar à sua lista de destinos a cidade italiana de Veneza (VCE), a partir do próximo dia 24 de Abril. A rota contará com inicialmente com 2 frequencias semanais, às terças-feiras e sábados, somando-se uma 3ª frequência semanal às quintas-feiras, a partir de 24 de Junho. A operação será feita com recurso a equipamento Boeing 717, configurado com 125 lugares. VCE será o 7º aeroporto italiano a contar com voos directos para o Porto, e terá capacidade de 750 lugares semanais.

A companhia responsável pela ligação é a recém-criada Volotea, também ela uma novidade no Francisco Sá Carneiro e em Portugal. Trata-se de uma low-cost espanhola fundada pelos criadores da Vueling e que se intitula a “companhia das pequenas e médias cidades europeias”. A rota Porto-Veneza será a ligação mais longa de toda a sua rede: 1763km (em linha recta), e a Volotea a 4ª companhia de baixo custo a operar no nosso Aeroporto.

Desta forma o Francisco Sá Carneiro encara a próxima temporada de Verão S12 com 6 novas rotas. Veneza soma-se às já anunciadas Copenhaga, Dole, Montreal, Munique e Toulouse.

Apesar de serem máquinas modernas, os B717 são "pássaros em vias de extinção". Foto tirada por Biel Gomila

Horários:

Porto – Veneza

Nº voo Frequência Partida Chegada Equipamento
V7 13871 – 2 – – – – – 13:00 16:50 Boeing 717
V7 13871 – – – – – 6 – 17:00 20:50 Boeing 717
V7 13872 – 2 – 4 – 6 – 13:00 16:50 Boeing 717

Veneza – Porto

Nº voo Frequência Partida Chegada Equipamento
V7 13861 – 2 – – – – – 10:40 12:35 Boeing 717
V7 13861 – – – – – 6 – 14:40 16:35 Boeing 717
V7 13862
– 2 – 4 – 6 – 10:40 12:35 Boeing 717

_________________________________________________________________

1-Segunda-feira    2-Terça-feira    3-Quarta-feira    4-Quinta-feira    5-Sexta-feira    6-Sábado    7- Domingo

1 : De 24 de Abril a 22 de Junho                         2 : A partir de 23 de Junho

As horas são locais