Aeroporto celebra abertura de mais um destino: Copenhaga

O Aeroporto do Porto conta a partir de hoje com um novo destino: Copenhaga. A ligação com a capital dinamarquesa é agora a mais longa das rotas europeias do nosso Aeroporto, com uma distancia em linha recta de 2229km, e marca a desejada entrada no mercado nórdico. A SATA vai operar esta ligação uma vez por semana, às quintas-feiras, com aviões Airbus 320, e tal como acontece com a rota de Munique, também Copenhaga terá ligação aos Açores (Aeroporto de Ponta Delgada).

Apesar de ter começado muito timidamente, a verdade é que as reservas avançadas, tanto para o Porto como para os Açores, estão a mostrar sinais muito positivos, com destaque especial para o mês de Julho. No caso do Porto, já está quase esgotada a capacidade de 5 dos 8 voos programados para Julho, havendo inclusivamente algumas frequencias em Setembro e Outubro com mais de 90% da capacidade vendida.

Outra situação que se nota muito é a grande força do componente inbound (Dinamarca - Portugal), bem como atractividade do destino Açores para o passageiro dinamarquês (comparando com a rota de Munique).

Como já é tradição, os passageiros do voo de hoje foram surpreendidos com um bolo comemorativo. Foto: ANA Porto

Porto - Copenhaga

Nº voo Frequência Partida Chegada Equipamento
S4 5570 - - - 4 - - - 11:30 15:50 Airbus 320

Copenhaga - Porto

Nº voo Frequência Partida Chegada Equipamento
S4 5571 - - - 4 - - - 16:40 19:10 Airbus 320

_________________________________________________________________

1-Segunda-feira    2-Terça-feira    3-Quarta-feira    4-Quinta-feira    5-Sexta-feira    6-Sábado    7- Domingo

As horas são locais

11 comentários em “Aeroporto celebra abertura de mais um destino: Copenhaga”

  1. Certamente a Sata terá sucesso suficiente aqui a voar para as ilhas e vê-se nos preços apresentados recentemente para os 3 destinos.

    Tenho é certas dúvidas que a venha uma lowcost fazer OPO-PDL ou OPO-SMA. Ainda é tudo muito recente para haver concorrência, tanto em LIS como OPO.

  2. a Easyjet aqui para os Açores?? com o investimento que a Sata esta a fazer no Sa Carneiro?? mmhh.. nao me parece. Para Lx nao tenho grandes duvidas, agora para aqui..

    1. Eu acredito pelo simples facto que na Terceira só existe rota no verão e é rentável, se a EasyJet for inteligente vai lançar a rota de inverno e no verão. Seria a machadada fatal na SATA.

    2. Por acaso tenho curiosidade em ver a reacção da SATA caso se concretize a liberalização, porque eles até agora nunca tiveram concorrência low-cost em casa. Estratégias como a disponibilização das tarifas mais baixas preferencialmente para as agências de viagens ou a baixa densidade da cabine dos A320 provavelmente terão que ser revistas.

      Por exemplo, no LIS-FNC não conseguiram concorrer com easyJet e tiveram que sair, mas no caso dos Açores isso não é solução.

    3. O importante é mesmo a liberalização do mercado. Se isto acontecer, mesmo que não entre uma LCC em OPO (que nem precisa de ser a easyJet, podia ser perfeitamente uma Transavia ou uma Volotea) a entrada de uma em LIS vai fazer com que haja uma queda geral dos preços = maior procura.

      Claro que Lisboa – Ilhas é muito mais denso do que Porto – Ilhas, e por isso mesmo quando se liberalizou o mercado da Madeira LIS-FNC teve low-cost antes de OPO-FNC. Se acontecer o mesmo para os Açores, a reacção deverá ser a mesma.

    1. Se as condições de serviço-publico mudarem de certeza que vai haver mais oferta para os Açores. A questão é quanto tempo vão demorar essas alterações a ser introduzidas.

    2. Vai ser rápido, o Governo Regional quer continuar e está se a ver apertado devido à já grande preferência pela outra candidata! Antes de Outubro está já tudo aberto e em Abril/Maio já temos EasyJet 😉

Os comentários estão fechados.