Chuva de novidades da Ryanair para o Inverno 2017

FR_Bar

No inicio do ano 2013, Michael O’Leary esteve no Porto para uma conferencia de imprensa onde estabeleceu como meta atingir os 4 milhões de passageiros transportados de e para o aeroporto Francisco Sá Carneiro num prazo de 4 anos. Um cenário considerado otimista na altura, uma vez que a companhia movimentava em todo o país uns cerca de 3.5 milhões de passageiros anualmente. Chegados a 2017, o homem forte da Ryanair voltou ao Porto para confirmar esse numero e perspectivar mais crescimento futuro.

Concretamente, para o Inverno deste ano a companhia irlandesa vai disponibilizar mais 12 destinos diretos relativamente a W16:

  • Carcassonne, Clermont-Ferrand, Copenhaga, Estrasburgo, Lille, Lorient e Tenerife, atualmente rotas sazonais e que são prolongadas à temporada baixa;
  • Cracóvia, Edimburgo e Nuremberga, rotas que iniciam este ano e que vão operar também no inverno;
  • Nápoles e Frankfurt-Main, novos destinos da Ryanair no Porto. No caso de Nápoles, será uma rota inédita no Francisco Sá Carneiro e contará com 2 frequências semanais (4ªf e Domingos). Já Frankfurt-Main, uma das linhas históricas do AFSC, contará com voo diário.

Com as novidades anunciadas para o Inverno, e com o Verão já programado, a Ryanair continuará a cimentar a liderança no aeroporto do Porto e a ser um dos principais responsáveis pelo novo recorde anual de passageiros, que este ano se deverá situar próximo dos 11 milhões de passageiros. A companhia irlandesa é uma das que melhor tem sabido acompanhar e estimular o crescimento do Porto, como se pode observar no gráfico abaixo:

OPO_RYR_2013_2017
Evolução relativa do tráfego do AFSC (OPO) e da Ryanair no AFSC (RYR). Tráfego 2013 = 100, * = estimativa

No período de 5 anos analisado, é fácil comprovar essa relação: enquanto o aeroporto cresceu a uma taxa média de 14%, a Ryanair cresceu no aeroporto a uma taxa média de 11%. Resta agora saber se a tendência se vai manter nos próximos anos. Os planos tanto da ANA como da Ryanair continuam a ser muito ambiciosos: Fernando Vieira, diretor do AFSC, estimou em cerca 16 milhões de passageiros o tráfego do aeroporto em 2022, equivalente a 8% de crescimento médio anual, ou ao dobro do tráfego de 2015. Já a Ryanair prevê para 2024 uma operação com 200 milhões de passageiros, o que significa duplicar o nº de passageiros que transportou em 2016 ou um crescimento médio anual entre os 8 e os 9%. A relação entre os números volta a ser evidente e convida ao otimismo.

Por outro lado, é público que o foco da Ryanair se tem movido cada vez mais para leste, onde estão algumas das economias com maiores crescimentos da Europa e onde a conectividade aérea está ainda pouco desenvolvida. Para o Francisco Sá Carneiro será também natural alguma perda de influencia da Ryanair à medida que entram mais operadores no aeroporto e que o tráfego de longo curso ganha alguma expressão, embora se possa argumentar que no leste que estão muitas oportunidades de crescimento também para o AFSC.

Certo é que a Ryanair tem sido um dos motores do aeroporto, e que com mais ou menos força, será quase de certeza um ator chave no desenvolvimento do aeroporto do Porto durante os próximos anos.

Porto – Nápoles
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
29 Out. – – 3 – – – 7 06:30 10:30 FR 1770 Boeing 738
Nápoles – Porto
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
29 Out. – – 3 – – – 7 10:55 12:55 FR 1771 Boeing 738
_
Porto – Frankfurt am Main (Ryanair)
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
29 Out. 1 2 3 4 5 6 7 08:45 12:20 FR 1537 Boeing 738
Frankfurt am Main – Porto (Ryanair)
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
29 Out. 1 2 3 4 5 6 7 06:30 08:20 FR 1536 Boeing 738

_________________________________________________________________

1-Segunda-feira    2-Terça-feira    3-Quarta-feira    4-Quinta-feira    5-Sexta-feira    6-Sábado    7- Domingo

As horas são locais

26 opiniões sobre “Chuva de novidades da Ryanair para o Inverno 2017”

  1. …e mais novidades virão: o reforço de operações de verão da EK em Portugal vai ser parcialmente transferido para o Porto, com 3x semana DXB-OPO. As restantes 4 ligações semanais serão para Lisboa.

    1. Desculpe, mas poderia indicar a fonte? Eu estou a tentar encontrar essa noticia e não encontro..

  2. 5 meses sem novidades pelo blog… espero que para breve haja qualquer coisa de jeito que venha a ser anunciado

    1. Novidades tem havido várias ao nível de reforços de rotas. Novas rotas é que só lá para finais de Setembro é que as eventuais novidades devem começar.

    2. Exatamente João. Infelizmente eu também não tenho tido tanto tempo para o blog como gostaria, portanto é normal que a publicação de artigos seja baixa.

  3. Para quando Málaga, Sevilha ou mesmo Jerez de la Frontera? Julgo que o Porto beneficiaria muito com voos directos para o sul de Espanha e vice-versa.

  4. Aparentemente a Ryanair antecipa o voo de Frankfurt-Main para 5 de Setembro com 6 voos semanais (exepto sábado)!
    De momento esta aumento só aparece pré carregado no site da Ryanair, não se encontrando ainda aberto a reservas.

    1. Já foi anunciado pela companhia que o calendário de inverno de Frankfurt começa dois meses mais cedo.

    2. Está aberto a reservas Frankfurt Main, antecipando para 5 de Setembro a rota prevista iniciar a 29 de Outubro. Entre 5/09 e 29/10 será voo diário com excepção de Sábado. A partir de 29 de Outubro é diário. Mais uns pózinhos para os 11 Milhões 😉

  5. Obrigado a todos pelos comentários e pelo feedback positivo!

    Até gostava de fazer mais trabalhos um pouco elaborados, mas infelizmente o tempo não dá para tudo e os dados também não são fáceis de conseguir.

    1. Pete351 Junto-me a todos os outros utilizadores nos agradecimentos pelo excelente trabalho realizado.
      Sem querer abusar, gostaria de sugerir um trabalho sobre o potencial de desenvolvimento do AFSC no médio prazo (5 anos) nomeadamente na expansão do longo curso e das ligações à Europa de Leste.

    2. Concordo,gostaria mesmo de ver um trabalho desse género ,tenho grande curiosidade sobre as potenciais novas rotas do AFSC.

    1. tendo em conta a diferença nos preços entre a TAP e a ryanair não é de admirar. Mas isso refere-se apenas a voos desde/para Lisboa.

  6. Obrigado Pete351, pelo rigor, objetividade, capacidade de análise e excelente conteúdo de “serviço publico” aqui prestado. Esperemos que o otimismo justificado dos players citados se confirme, para gáudio do nosso OPO e de quem gosta e depende em larga medida dele.

    1. Concordo,adorei este artigo assim como todos os outros deste fantástico blog, parabéns ao Pete pelo seu ótimo trabalho!

  7. Bom resumo da situação Pete.
    Veremos se os 16 milhões serão possíveis em 2022

Os comentários estão fechados.