“Vai vir charters”: voos directos entre Tel Aviv e o Porto a partir de Maio

bar_IZ

A partir de Maio deste ano, o aeroporto do Porto vai receber voos directos desde Tel Aviv, em Israel, operados pela Arkia. Trata-se de uma operação charter contratada pela Eshet Tours, o segundo maior operador turístico israelita, neste caso para servir pacotes de circuito por Portugal. Por este motivo, os voos com origem/destino Porto apenas serão operados cada duas semanas, existindo voos com origem/destino Lisboa intercalados com os nossos, para que os turistas possam começar o seu percurso no Porto e terminar em Lisboa, e vice-versa, sem que eles tenham que voltar para trás ou o avião tenha que fazer qualquer sector em vazio.

No total estão programadas 20 operações, com o primeiro voo vindo de Tel Aviv a aterrar no Francisco Sá Carneiro a 02 de Junho e com o último a levantar voo a 6 de Outubro. O modelo de avião seleccionado para a missão foi o Boeing 757-300, com capacidade para 265 lugares, o que significa uma oferta de 5.300 lugares. Apesar de ser um voo destinado a servir os turistas da Eshet, a Arkia também disponibiliza no seu site bilhetes apenas para os voos.

Em Lisboa, a operação regular que existe hoje para Israel deu os primeiros passos em 2009, exactamente com voos charter de reduzida frequência. É por isso interessante olhar para a evolução da ligação entre a capital portuguesa e Tel Aviv, e tentar antecipar o que pode ser o futuro dos voos para o Porto:

LIS_TLV
Número de movimentos entre Tel Aviv e Lisboa. Dados: ANA, PressTur

Olhando para o gráfico, vemos que as 20 operações programadas para o Porto este ano comparam bem com as 18 efectuadas em 2009 para Lisboa. Seguiram-se dois anos de relativa estagnação, coincidentes com um período dificil para a aviação por causa da crise económica, mas em 2012 a ligação ganhou novo fôlego e iniciou um ciclo de crescimento acelerado. O que começou com 18 voos cresceu para 137 no ano passado, com 3 companhias a operarem entre a Portela e Tel Aviv. Este ano deve ser ainda melhor e bater o registo de 2014. Um bom pronuncio para o que nos pode reservar o futuro, caso os voos deste ano tenham sucesso.

IZ_B753_4X-BAW
Boeing 757-300 da Arkia, com 265 lugares. Foto tirada por Erezms
Porto – Tel Aviv
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
02 Jun. 08 Set. – 2 – – – – – 21:05 04:20 (+1) IZ 256a Boeing 753
21 Set. 21 Set. 1 – – – – – – 23:10 06:25 (+1) IZ 256a Boeing 753
06 Out. 06 Out. – 2 – – – – – 21:05 04:20 (+1) IZ 256a Boeing 753
Tel Aviv – Porto
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
02 Jun. 08 Set. – 2 – – – – – 15:45 19:40 IZ 255a Boeing 753
29 Set. 29 Set. 1 – – – – – – 17:45 21:40 IZ 255a Boeing 753

_________________________________________________________________

1-Segunda-feira    2-Terça-feira    3-Quarta-feira    4-Quinta-feira    5-Sexta-feira    6-Sábado    7- Domingo

+1: Dia seguinte                          As horas são locais

a: Opera de 2 em 2 semanas

14 comentários em ““Vai vir charters”: voos directos entre Tel Aviv e o Porto a partir de Maio”

  1. O final da operação foi adiado de 6 de Outubro para 4 de Novembro, ou seja, foi alargada mais um mês. Não são muitos passageiros, mas é um excelente sinal.

    1. Óptimas noticias!!! Existe alguma hipótese de a operação se tornar regular com a companhia e não em charters?

    2. Este tempo de compensações tem à ver em alguma coisa com o jogo do FCP frente ao Maccabi? Dá sempre para organizar um charter…

    3. Para o jogo do dia 20 Out. no Dragão há um extra extra programado no dia 21 (4ªf), mas à parte disso a programação está para servir os pacotes de 1 semana, como normal, até 4 de Novembro.

    1. A curto prazo parece-me pouco provável. Parece-me que nesta altura uma companhia como a Arkia terá vantagem, não só por ter um avião mais adequado, mas também por ter uma estrutura de custos mais baixos.

      A médio prazo, se esta operação funcionar bem e conseguir crescer, seria natural que os operadores que sustentam os voos para Lisboa da Sun D’Or/El Al queiram abrir também para o Porto e trabalhem com eles.

  2. Os voos charter são normalmente voos operados por conta de um operador turístico. São voos não regulares, em que o avião é fretado a determinada companhia aérea, no sentido de levar turistas a determinado sítio.

    Por exemplo, não há ligações directas entre Portugal e as Caraíbas. Mas no verão há milhares portugueses que vão para lá de férias. Os operadores turísticos, contratam aviões exclusivamente para transportar esses turistas.

    Outras situações são operações especiais quando um clube ou uma selecção vai fazer um jogo importante fora de portas, p.e.

Os comentários estão fechados.