Estatísticas de Agosto 2011

Tradicionalmente o mês mais movimentado do ano, Agosto voltou a não desapontar com apresentando 683.926 passageiros (+61.737 /9,9%), número que estabelece um novo recorde mensal no nosso Aeroporto. No total de 20114.129.728 passageiros (+638.894 / 18,3%) utilizaram o AFSC. No entanto, e olhando para as taxas de crescimento que temos visto desde o inicio deste ano, verificamos que o valor atingido desta vez é um pouco mais baixo, algo que se deve muito simplesmente à queda a pique do tráfego charter, que perdeu uns impressionantes 44,3% / 24.429 passageiros! É uma queda já esperada atendendo não só às sucessivas declarações dos agentes turísticos, mas também ao ambiente cada vez mais austero que se sente no país e que se reflecte neste tipo de tráfego. Foi também esta a razão que impediu bater a barreira dos 700.000 passageiros mensais.

Quanto a companhias, e como já vem sendo hábito, a Ryanair foi a que mais passageiros novos transportou (+57.332 / 33,5%), seguindo-se a easyJet (+11.689 / 15,6%) e a Transavia (+4.275 / 16,1%). Destaque também muito positivo para a TAAG, que transportou 3.495 passageiros. Com números negativos encontramos a White (-5.671 / 35,8%), a Privilege Style (-2.335 / 39,1%) e a SATA (-2.260 / 9,1%), precisamente os maiores playeres do tráfego charter do Porto.

Gráfico relativo à evolução anual de passageiros (8/2011) - Clique para aumentar

Registaram-se 6.044 movimentos (+354 / 6,2%), um número abaixo do conseguido no mês passado, e que teve como principais protagonistas a Ryanair (+363 / 35,3%), e easyJet (+77 / 14,8%) e a TNT (+39 / 86,7%), bem como a Luxair (-36 / 23,5%), a White (-24 / 29,3%) e a Privilege Style (-14 / 38,9%).

Gráfico relativo à evolução anual de movimentos (8/2011) - Clique para aumentar

A carga continua a mostrar ténues sinais de recuperação, tendo sido processadas 2.594 toneladas (+40,2 /1,6%). Em terreno positivo temos a TNT (+146,7 / 82,1%), a Air France Cargo (+122,1 / 33,8%) e a TAAG (64 ton), enquanto em sentido contrário estão a TAP (-127,5 / 37,2%), a Star Air (-33 / 5%) e a Lufthansa (-32,8 / 19,5%).

Gráfico relativo à evolução anual da carga processada (8/2011) - Clique para aumentar

Em baixo encontram-se a analise de passageiros por país e região e dos 30 principais aeroportos a nível de passageiros regulares:

Lista com a análise dos passageiros por país e região - Clique para aumentar
Lista dos 30 principais aeroportos à partida do Porto - Clique para aumentar

___________________________________________________________________________

Todas as imagens e gráficos contidos neste post encontram-se no Relatório de Tráfego de Julho 2011 fornecido pela ANA Aeroportos.

3 comentários em “Estatísticas de Agosto 2011”

  1. a taag ja tem nºs mt interessantes para 2 meses de actividade.
    e Faro.. mt bom.
    novidades para verão iata 2012?? copenhaga e munique?? ja agora qual foi o real motivo para o não estabeleciemnto da rota da Lufthansa para munique

    1. LAD era daquelas rotas essenciais há muito, e está a ter uma aceitação muito boa. A expectativa da TAAG é introduzir uma 3ª frequência semanal às 4ªs no próximo verão (S12), seria uma excelente novidade. E não deixa de ser curioso que desde que a ligação começou, a linha de Lisboa teve perdas de mais de 10%.

      Copenhaga e Munique deverão ser destinos em S12 – a SATA tem o espaço reservado nos aviões para fazer essas 2 rotas, se bem que não sei se avançam com Munique se a Lufthansa “voltar à carga”.

      A Lufthansa não abriu MUC porque o slot que pretendia não estava disponível, mas em principio no próximo verão não deve falhar.

  2. Ocupações por companhia:
    – Air Europa: 96,3%;
    – Aigle Azur: 82,2%;
    – Air Berlin: 91,7%;
    – Air Transat: 91,9%;
    – Brussels Airlines: 88,2%;
    – easyJet: 89,7%
    – Lufthansa: 80,3% – 96%;
    – Royal Air Maroc: 64,6%;
    – Ryanair: 87%
    – SATA: 92%;
    – Sunwing: 85%;
    – Swiss: 85,2%;
    – TAAG: 85,7%;

    Ocupações por rota:
    easyJet:
    – Lyon: 87,6%;

    Ryanair:
    – Marselha: 75,7%;
    – Beauvais: 84,9%;
    – Stansted: 95%;
    – Faro: 82,6%;
    – Valência: 83,5%;
    – Hahn: 93,8%;
    – Charleroi: 73,7%;
    – Eindhoven: 88,2%;

    TAP:
    – Bruxelas: 77,7%;
    – Newark: 94,4%;
    – Caracas: 91,1%;
    – Rio de Janeiro: 95,3%;
    – São Paulo: 93,2%

Os comentários estão fechados.