Inverno IATA 2019 (W19)

  Rota W18 W19 Lugares Δ%
ZI_l2 ORY1 6-8xw 0xw -30.000 -100%
    -7xw -30.000 -100%
         
         
UX_l MAD1 21xw 27xw +30.000 +30%
    +6xw +30.000 +30%
         
         
af_l CDG1 3xw 4xw +5.000 +20%
    +1xw +5.000 +20%
         
         
AD_L VCP 3xw +40.000
    +3xw +40.000
         
         
BA_L LGW1 4-5xw 5-7xw +10.000 +30%
    +10.000 +30%
         
         
BSL 10-13xw 10-13xw -5.000 -5%
BOD1 4xw +30.000
LTN1 2-3xw 2-3xw -5.000 -20%
LYS1 6-10xw 10-11xw +25.000 +40%
MPL 0-2xw +10.000
ZRH1 3xw 3-4xw +10.000 +45%
    +9xw +65.000 +10%
         
         
EK_L DXB 4xw +55.000
    +4xw +55.000
         
         
EW_L DUS 2xw 0-2xw -5.000 -25%
    -5.000 -25%
         
         
OE_L VIE1 2-4xw +25.000
    +4xw +25.000
         
         
lh_l MUC1 6-7xw 8-11xw +25.000 +55%
    +3xw +25.000 +15%
         
         
at_l CMN 4xw 6-7xw +20.000 +75%
    +2xw +20.000 +75%
         
         
FR_L AGP1 3xw +25.000
ALC 2xw +15.000
BES 2xw +15.000
BHX 2xw +15.000
BOD1 3xw 3-4xw +5.000 +20%
BRE 2xw +15.000
BUD1 2xw +15.000
BVE 2xw +15.000
CGN 4xw 6xw +15.000 +50%
EDI 2xw -15.000 -100%
FAO 5xw 6xw +10.000 +20%
FRA1 6xw 7xw +10.000 +15%
LIS1 19xw -150.000 -100%
LRT 0-2xw -10.000 -100%
MAD1 14xw 16xw +15.000 +15%
NAP 2xw -15.000 -100%
PDL1 6xw 7xw +10.000 +15%
STN 18xw 20xw +15.000 +10%
SXB 2xw -15.000 -100%
TFS 1xw 0-1xw -5.000 -50%
TLS1 3xw +25.000
TSF 2xw +15.000
WMI 2xw -15.000 -100%
    +1xw +10.000
         
         
TP_L BCN1 10-14xw -80.000 -100%
BRU1 7xw +50.000
EWR1 2xw 5xw +15.000 +60%
FNC1 13xw 14xw +10.000 +5%
GRU 2xw 3xw +10.000 +50%
GVA1 10-12xw 14xw +15.000 +20%
LCY 6xw -30.000 -100%
LGW1 14xw 14xw +10.000 +15%
LIS1 94-130xw 95xw -40.000 -10%
LUX1 4xw 7xw +20.000 +60%
MAD1 10-12xw 21-42xw +40.000 +90%
MUC1 7xw +40.000
ORY1 21xw 21xw +10.000 +10%
ZRH1 14xw 14xw +30.000 +50%
    +6xw +100.000 +10%
         
         
TO_L FNC1 9xw 10xw +15.000 +20%
    +1xw +15.000 +5%
         
         
TK_L IST 5xw 7xw +15.000 +40%
    +2xw +15.000 +40%
         
         
V7_L BIO1 2xw +10.000
    +2xw +10.000
         
         
VY_L BCN1 9-13xw 17xw +60.000 +80%
BIO1 3xw +25.000
CDG1 3xw +25.000
    +13xw +110.000 +80%
         
         
W6_L LTN1 2xw +20.000
VIE1 2xw +15.000
    +4xw +35.000 +200%
         
         
+6   +52xw +545.000 +8%

_________________________________________________________________

Dados GDS 26 Setembro 2019                     Comparação relativamente a W18

1: Rota também operada por outra(s) companhia(s)

A tabela apenas reflete as alterações às operações das companhias

Mudanças de capacidade com pouca expressão podem não ser consideradas. Valores absolutos arredondados a múltiplos de 5.000. Percentagens arredondadas a múltiplos de 5%, excepto para o total do aeroporto.

305 comentários em “Inverno IATA 2019 (W19)”

  1. Iniciou no Domingo a temporada de Inverno W19. Tenho um artigo preparado com a habitual analise, mas estas semanas não tenho tido oportunidade para o acabar. Espero que na proxima já o consiga publicar.

  2. Esta semana, ao passar no aeroporto, vi um embarque da airfrance sem recurso a manga. Os passageiros estavam na fila para entrar debaixo de uma chuva torrencial. Não me pareceu que as mangas estivessem todas ocupadas. Estão previstas obras para aumentar o número de mangas? Acho que o aeroporto deveria ter em atenção estas situações, pois cada vez mais, no médio curso, fica difícil perceber o valor acrescentado das companhias de bandeira.

    1. A tendência é as chamadas companhias de bandeira terem uma oferta cada vez mais semelhante às LCC, o público já parece que escolheu, e escolheu pagar o mínimo dos mínimos e comprar o que mais quiser se quiser.

    2. A Air France tem contratadas mangas para a operação, seguramente não usou nesse dia porque estariam ocupadas. Tu viste o embarque, mas para eles usarem a manga, ela tem que estar disponível durante todo o período de rotação + margem, não só durante o embarque, e em muitos horários isso não é possível.

  3. Atualização 17 de Outubro 2019

    Ryanair

    Base de Hamburgo fecha a 8 Janeiro 2020.
    https://www.aviation24.be/airlines/ryanair/ryanair-closes-base-in-hamburg-reduces-operations-in-germany/

    De momento os voos entre 9 de Janeiro 2020 e 28 Março 2020 desapareceram do sistema!
    Segundo a Ryanair, devido à sobrecapacidade do mercado Alemão os preços dos voos permanecerão muito baixos nos próximos anos!
    Que não se lembrem de fechar mais rotas no mercado Alemanha Porto vv!

    1. Efeito da subida dos impostos sobre os voos com partida da Alemanha seguramente. Com os horários que tinha no Inverno era difícil, provavelmente voltará no Verão.

  4. Atualização 7 de Outubro 2019

    TAP Air Portugal

    A TAP, como em outros anos, reviu em baixo a sua operação para o Porto para o período W19/20.
    Várias rotas médio curso (creio que menos AMS, MUC, LGW, PDL, FNC e MAD) têm cortes ocasionais ao longo das semanas, excepto no período Natal/Ano Novo.

    De salientar o voo da tarde para Milão (TP816) que deixa mesmo de operar a partir de 13 de Janeiro até 21 Março.

    Aparentemente o longo curso mantém o previsto inicialmente.

  5. Atualização 25 Setembro 2019

    Ryanair

    Carregado e à venda uma 4ª frequência semanal para Bordéus entre 13 Janeiro 2020 e 23 Março 2020. Creio que venha a ser carregado mais tarde também para S2020.

  6. Estranho a Ryanair não dizer nada sobre a rota OPO-LIS!! Fechado para reservas desde a partir de finais de Outubro! Porque tens -150.000 passageiros no tópico Pedro? A Ryanair vai sair da rota??

    1. -150.000 lugares porque era a capacidade que a Ryanair tinha na rota em W18. Eles disseram que iam continuar os voos no Inverno, no entanto, estamos praticamente a 1 mês do inicio de W19 e ainda não há voos à venda, pelo que assumimos que não vão continuar.

    2. Pois. Já não devem operar neste Inverno! Muito mau.. A rota ficar sem concorrência para a TAP e menos 150.000 é muito mau.
      Na tabela tens um aumento de 50.000 na TAP para Madrid, mas sendo avionetas vai ficar na mesma? Se tirares esses 50.000 a TAP vai ficar com -15.000 em relação ao último Inverno…. Péssimo, diria uma vergonha…

    3. Fica só para a TAP porque realmente o produto Ponte Aérea numa rota destas caracteristicas é dificil de bater. Este Verão a operação da Ryanair já tinha ficado a mínimos.

      Sobre o aumento da TAP para Madrid, com a passagem aos ATR a capacidade fica praticamente na mesma. Por outro lado a substituição dos E190 por A319s a partir de Janeiro dá um aumento de capacidade adicional que ainda não está contabilizado na tabela, idem para os voos na Ponte Aérea com A321LR e A332. Não vai ser um crescimento espetacular, mas ainda vai ser interessante.

    1. Segundo o site da TAP, os voos para ZRH (TP922 e TP924) e LUX (TP686) também passam a A319.
      Posto isto, só vejo Embraer 190 na ponte aérea e no voo para AMS (TP678).

    2. Parece que estão a mexer ainda, há frequências em que inclusivamente aparecem com A320neo num dos sentidos e A319 no inverso.

    3. Já agora quem quiser viajar entre OPO/LIS vv em A332 terá os seguintes voos:

      TP2475 A332 OPO 10:40 11:35 LIS ______7 27OCT2019/22MAR2020
      TP2474 A332 LIS 07:50 08:45 OPO 1______ 28OCT2019/23MAR2020

      Assim como em A321LR neo

      TP2475 A21N OPO 11:10 12:05 LIS __3____ 30OCT2019/25MAR2020
      TP2474 A21N LIS 15:00 15:55 OPO ___4___ 31OCT2019/26MAR2020

    4. Não encontro o voo das 11h10 Porto-Lisboa às Quartas, em A321 LR…
      Existe sim, um que sai do Porto às 12h10. Será esse?
      Gostava de fazer a viagem no A321LR 🙂

    5. Airmativo Diogo, tem algumas mudanças sim. Só quis simplificar!
      TP2475 não opera a 25dez e 01jan, no entanto aparentemente o TP2474 a 26dez e 02jan operam!!!
      De momento creio ser algo como isto!

      TP2475 A21N OPO 11:10 12:05 LIS __3____ 30OCT2019/30OCT2019
      TP2475 A21N OPO 12:10 13:05 LIS __3____ 06NOV2019/18DEC2020
      TP2475 A21N OPO 12:10 13:05 LIS __3____ 08JAN2020/04MAR2020
      TP2475 A21N OPO 11:10 12:05 LIS __3____ 11MAR2020/25MAR2020

      TP2474 A21N LIS 14:00 14:55 OPO ___4___ 31OCT2019/31OCT2019
      TP2474 A21N LIS 15:00 15:55 OPO ___4___ 07NOV2019/05MAR2020
      TP2474 A21N LIS 14:00 14:55 OPO ___4___ 12MAR2020/26MAR2020

    6. Interessante, com o A321LR acaba por ser normal alguma rotação para LIS, mas sempre se evitou meter os A332 por causa dos custos. Suponho que seja uma operação temporária enquanto não chega a totalidade dos A339.

    7. Interessante o facto de passarmos a ter + frequências para MAD do que para LIS a partir de fevereiro.

      MAD: 90xw (até 31 de janeiro)
      LIS: 95xw (toda a temporada)
      MAD: 111xw (a partir de 1 de fevereiro)

      Pedro, quanto ao nº de lugares, já fizeste alguma comparação ?

    8. Antes da Ryanair entrar no Porto-Lisboa, Madrid sempre teve mais ou menos as mesmas frequências que Lisboa, tinha era menos lugares, porque os aviões eram mais pequenos. A partir de Novembro, com a saída da Ryanair, vai passar a ter mais e em 2020 vai passar também em frequências.

      Acaba por ser natural, Lisboa-Madrid também tem mais passageiros que Lisboa-Porto. Mesmo Porto-Londres, em circunstâncias normais, deveria ter mais passageiros que Porto-Lisboa.

  7. Atualização 10 Setembro 2019

    Operação TAP para Madrid passa exclusivamente a ATR72 e com a particularidade de a ponte aérea começar a 01 Fevereiro de 2020.

    28OUT a 31JAN (ATR baseado em Madrid)

    TP1005 MAD 05:45 06:25 OPO AT7
    TP1008 OPO 07:30 10:00 MAD AT7

    TP1007 MAD 10:40 11:20 OPO AT7
    TP1010 OPO 13:25 15:55 MAD AT7

    TP1003 MAD 16:35 17:15 OPO AT7
    TP1006 OPO 21:40 00:10+ MAD AT7

    01FEV a 31MAR (ìnicio da ponte aérea com um 2º ATR a basear no Porto, com um grande vazio entre a chegada TP1001 e partida TP1004)

    TP1002 OPO 06:00 08:30 MAD AT7
    TP1001 MAD 09:10 09:50 OPO AT7

    TP1004 OPO 17:10 19:40 MAD AT7
    TP1009 MAD 20:20 21:00 OPO AT7

    TP1012 OPO 19:30 22:00 MAD AT7
    TP1013 MAD 22:40 23:20 OPO AT7

    (ATR baseado em Madrid)

    TP1005 MAD 05:45 06:25 OPO AT7
    TP1008 OPO 07:30 10:00 MAD AT7

    TP1007 MAD 10:40 11:20 OPO AT7
    TP1010 OPO 13:25 15:55 MAD AT7

    TP1003 MAD 16:35 17:15 OPO AT7
    TP1006 OPO 21:40 00:10+ MAD AT7

    1. Dois comentários:

      1 – Será parvo esse buraco no horário do ATR não ser preenchido. Poderão usá-lo na ponte aérea para Lisboa, uma vez que não vejo mais nenhuma rota assim relevante.

      2 – Com as mútliplas frequências diárias da Air Europa, Ryanair e Iberia para Madrid, dificilmente me apanham num voo de hora e meia num ventoinhas da TAP.

    2. Não vai ser propriamente competitiva em ATR72… Tudo bem que a viagem é curta mas com tanta alternativa como diz o João Ferreira só se for mesmo em ligação e por um preço super baixo…
      Não dava sequer para Embraer 190? Pelo menos em metade dos voos… E passavam o ATR para outras cidades espanholas…

      Quanto ao buraco a meio do dia, para Lisboa supostamente só aviões “a jato”.
      Desde o Porto o ventoinhas podia ir e vir aonde? Vigo? Corunha?

    3. Ou seja, a capacidade fica na mesma mas tem mais frequência à custa de usar os ATRs. A nível de ligações melhora muito, principalmente longo curso e ilhas, que são as principais. O TP1001 e o TP1010, por exemplo, facilmente terão 50% de ligações.

      Por outro lado, os horários parecem meio estranhos. O NST em Madrid parece-me desnecessário, seria preferivel uma outra rotação durante a tarde. A produtividade dos aviões também fica muito baixa, deveriam ser capazes de dar 4 a 5 saltos num dia e não apenas 3. Depois de tanta publicidade que na Ponte Aérea para Lisboa só iam ter aviões a jato seria estranho que metessem rotações para LIS, mas uma saida diária para FAO encaixaria muito bem. Se a TAP avançar para rotas com frequência abaixo de diário no Porto poderiam haver outras opções, mas parece-me dificil.

    4. Tenho que concordar com o João e com o João Ferreira no que toca à utilização do ATR.
      De acordo com depoimentos que vou ouvindo quando uso a ponte-aérea, principalmente para FAO e FCO, os ATR foram retirados da ponte aérea devido ao elevado nº de atrasos e longa duração das viagens comparativamente a aviões a jato. Outro aspeto que realçam é o tempo desperdiçado no que toca às bagagens devido ao reduzido espaço dentro da cabine. Logo, o ATR não é um aparelho de pontes-aéreas!
      Parece-me, por isso, um aparelho que não irá corresponder às necessidades das ligações via Porto. Dando uma olhada para as propostas de ligações da TAP via Porto a partir de Madrid, o tempo de ligação chega a ser, por vezes de 0h55min, 1h10, 1h30. Com os atrasos expectáveis que os voos irão ter não me parece que as ligações se concretizem a 100%.
      É visível a melhoria da ponte-aérea com a introdução dos E190, quer no conforto quer nos tempos de ligação.
      Com o E190, pelo menos, esta nova ponte-aérea resultaria, na minha opinião, muito melhor com a possibilidade de se realizar mais rotações com aparelhos mais rápidos e cómodos quer durante a viagem quer nos processos de embarque.
      Aguardemos para ver como irá correr, esperando também para perceber se o “buraco” existente numa das rotações irá ou não ser aproveitado…

    5. A questão da operacionalidade dos ATR não tem tanto a ver com os aviões, tem a ver com a forma como a operação está montada. Se a operação for eficiente não deveriam existir atrasos. A Air Europa operou ATRs para Madrid durante muito tempo e não houve problemas, mesmo a Iberia contrata voos em ATR à Air Nostrum a partir de Madrid para outros destinos peninsulares, e funciona.

      A prazo imagino que a TAP se va desfazer do contrato para os ATRs, e nessa altura espero que a operação no Porto já tenha escala suficiente para suportar um aumento de capacidade para o dobro. Nesta altura nem desgosto da ideia de usar aviões mais pequenos, mantendo a capacidade global mas melhorando as frequências, o que por sua vez ajudará a escalar a restante operação. No fundo uma evolução parecida à da Ponte Aérea para Lisboa.

    1. Bem visto, já está na tabela! Aproveitei para atualizar com a saida de Lisboa, apesar da Ryanair ter dito que ia continuar os voos continuam a não estar carregados.

  8. Creio que BRU se vai resumir somente a 7xw
    Tinha uma reserva para o voo da noite e a mesma foi alterada para o voo da manhã devido aos cancelamentos dos voos da noite!

    1. Bem apanhado MSA, creio ocupar o lugar vago pela desistência de Barcelona. Ocupa o slot…

      Penso que o voo da tarde para Gatwick também poderá passar a 319.

    2. Sim, tinham optado por manter o voo da noite e acabaram por manter o da manhã. Também vejo que a partir de Janeiro / Fevereiro, aumentaram mais o nº de voos que passam de A319 a A320.

  9. Atualização 23 Agosto:

    BA: Operação passa a estar programada quase totalmente em A320. Juntamente com o aumento para diário a partir de Fev o aumento é agora de 30%.

    TAP: Reforço adicional de Funchal, Madrid, Munique e Paris por utilização de aviões de maior capacidade (E190 -> E195 e A319 ->A320) em algumas frequências.

    1. TAP vai fechar Porto – Barcelona e Porto – Lyon. Mais uma frequência diária para Madrid, na ponte aérea para Lisboa e para o Funchal. Porto-Newark passa a diário e mais uma frequência semanal para São Paulo (passa a 4xw)

    2. Tabela já atualizada com os cortes da TAP para o Inverno, uns 150.000 lugares menos comparativamente ao planeado.

      O resto está no tópico de S20.

  10. Atualização 10 Agosto 2019

    easyjet

    Zurique carregado 4 voos semanais, penso terem sido 3 em W18.

    Luxemburgo parece quase igual (4 x semana), mas em Março 2020 aparece com 6 semanais.

    Toulouse também creio haver aumento em 1 semanal para 5.

    Nantes carregado 4 voos semanais, penso terem sido 3 em W18.

    1. Parece que a Easyjet continua a apostar no AFSC com novas rotas e consolidando as existentes.

    2. Sim, aparece um novo voo às 6ªf bem como os reforços de Natal. Bem apanhado skiespassion!

      Luxemburgo e Toulouse estão na mesma. Nantes tem um aumento mas muito ligeiro, não chega a 10 voos.

  11. Alguma razão especial para a Ryanair estar No OPO-SXF (Berlim) com 6xw na semana 44 e 5xw na semana 45?
    É que depois regressam estão 3 semanas com 3xw e depois voltam as 4xw…

    1. Uma surpresa sem dúvida, sai um bocado do modelo que eles tem seguido até aqui. Dos principais aeroportos ainda tinham Marselha por abrir, mas assim fica o leque mais amplo.

    1. A coisa não está com bom aspeto não, esperemos que consigam resolver da melhor maneira, embora para empresas desta dimensão seja muito complicado.

    2. Muito provavelmente a empresa vai ter de fazer uma forte redução nas suas rotas/frequências!
      Tendo em conta que a operação para o Porto deve ser das mais lucrativas para a companhia, talvez o impacto no Porto seja menos significativo.

    3. Já estão a cortar, as rotas a Pequim e São Paulo vão desaparecer, as de Berlim e Milão também já foram canceladas. Ficaram praticamente só as rotas para a Argélia, Mali, Senegal, etc e na Europa Porto e Moscovo. O Porto é a única que está num mercado de open skies, é a 2ª com maior volume da rede mas quase de certeza que não tem margens como mercados protegidos por bilaterais. Vamos ver, em último caso poderia acontecer como em Lisboa e ceder a rota para a TAP.

  12. Ryanair vai encerrar a base de Faro a partir de Janeiro 2020, e a partir de amanhã vão anunciar mais encerramentos de bases.

    1. encerra a base, mas todos os voos se mantêm. Aliás, pelos vistos, até vão aumentar face ao Inverno passado. Vão ser é feitos por aviões de outras bases

    2. Eles já tinham anunciado que estavam com pessoal a mais por causa dos atrasos nos MAX, e que iam ter que despedir muita gente. Vamos ver qual será o impacto a nível de voos, embora a noticia diga que em Portugal não esperam cortes para além dos de Faro.

      João, no Inverno a Ryanair deixa sempre bastantes aviões no chão, não seria problema. Aqui a situação é que eles contrataram pessoas com a expectativa de ter quase 60 MAXs no próximo Verão, e agora só perspectivam ter 30 se tudo correr bem.

  13. Pedro, não achas que já é muito tarde para a Ryanair carregar WMI?
    E já agora, não havia alterações na easyjet e na transavia assim mais significativas ?
    Lembro-me de LYS, ORY e BOD assim de repente…

    1. Um bocado, sim, mas ainda há pouco carregaram reforço de FAO e de LIS ainda nada também. Vamos ver.

      A easy tem alterações em BSL, LYS, LON e BOD, mais logo atualizo a tabela com easyJet e Transavia.

  14. Saíram as duas primeiras listas de slots.

    A única nova companhia é, para além da já anunciada Laudamotion, a Air Corsica, que pediu slots para dois voos por semana.

    De resto temos inúmeras companhias a solicitar mais slots do que no ano passado, desde a Vueling, à Turkish, à Lufthansa, à Air France, à British Airways, à KLM.

    1. O que me saltou mais à vista foi a KLM ter “duplicado” o pedido, o que levar a que o 2º diário seja anual.

    2. Está em linha com o que tenho previsto. Há sempre um ou outro pedido excessivo, mas nada fora do normal.

      A Air Corsica tem feito mais charters do que em anos anteriores e nas primeiras semanas de W19 tem realmente alguns voos carregados, mas por agora não mais que isso. Seria uma excelente noticia uma operação regular.

    3. Ultimamente, tenho viajado muito com KLM para Hamburgo, com escala no HUB de Schipool e a verdade é esta: os 737 da KLM vêm e vão completamente cheios do Porto !.
      Bem se justificaria, pelo menos, mais uma ligação diária a Amsterdão (Shipool).

    4. A KLM tem uma política tarifária que quase garante ocupações muito elevadas, à semelhança do que faz a Ryanair ou a easyJet por exemplo, mas não sei até que ponto isso signifique que precisam de mais frequências já, até porque a Air France tem estado a crescer bastante.

    5. Não achas que o pedido da KL foi intencionado para reforço de frequências?
      Digo isto porque eles dobram precisamente o pedido do ano passado o que corresponde exatamente a 2 diários…

    6. No site da ANA-Aeroporto aparecem carregados os voos da Air Corsica para o Inverno IATA 2019, a base são 2xw mas no mês de dezembro são muito mais que 2xw. Para compensar retiram 1 semanal no mês de novembro.
      Espero que se concretize esta rota muito importante essencialmente para emigrantes na ilha que se vêm completamente enclausurados com os preços dos voos com escala que vêm atualmente!

    7. A ANA já no passado carregou voos que depois não se concretizaram. Mas realmente Córsega tem potencial, este ano com a quantidade de charters que tem operado já não fica longe de uma operação regular.

    1. Excelente, 4xw já no Inverno! Mostra bem o espaço livre que a Ryanair estava a deixar mantendo a rota só com 3 semanais e com dias de operação mais fracos.

      No total, só não haverão voos para BOD às 4ªf, havendo 2 voos por dia às 5ªf.

  15. A Iberia está a aplicar cortes significativos de última hora na rota Madrid-Vigo, como a Vueling já fez recentemente em Barcelona-Vigo.

    Iberia mudou bastantes frequências para a Air Nostrum e, por exemplo, às sextas-feiras em Agosto, só tem agora 2 voos diários para MAD (em comparação com 4 em MAD-OPO e MAD-SCQ). Air Nostrum estava programada para começar a operar algumas frequências para Iberia em MAD-VGO a partir de outubro, mas já começou este mês.

    Talvez já estejamos uma nova realidade em que até à Iberia / Vueling já concentram voos para o MAD / BCN em OPO / SCQ. Isso pode ser positivo para a operação de Iberia / Vueling nesses dois aeroportos.

    1. Aproveito a sua publicação para dar nota de uma atualização:

      MAD – Air Europa
      Carregado 27º voo semanal aos sábados!

    2. Esse voos que saem de VGO bem que podiam servir para passar a haver Night Stop no Porto.
      Madrid está numa excelente posição para fazer escalas dentro da Europa em destinos mais pequenos que nos faltam e vão continuar a faltar.

    3. Embora cada companhia aérea IAG seja independente, isso mostra o que já é realidade em cada aeroporto. Não adiciono o Air Nostrum (que opera no VGO subsidiado e no SCQ sem subsídios) porque é uma companhia aérea independente. Por exemplo, nas sexta-feiras de agosto:

      SCQ: Iberia Express 4 voos (MAD) + Vueling 8 voos (4 BCN + 1 FUE + 1 AGP + 1 CDG + 1 ALC) + EI 1 voo (DUB)

      VGO: Iberia Express 3 voos (2 MAD + 1 TFN) + Vueling 2 voos (BCN)

      OPO: Iberia 4 voos (MAD) + Vueling 6 voos (3 BCN + 1 CDG + 1 ORY + 1 BIO) + BA 1 voo (LGW)

      Total: SCQ 13 / OPO 11 / VGO 5

      Talvez em outros dias o cálculo possa ser algo diferente, mas o que está claro é a crescente centralização das operações de IAG em OPO e SCQ, especialmente na conexão com hubs (MAD e BCN).

    4. Bem apanhado MSA! Mais 5.000 lugares em W19 para Madrid, e mais um empurrão para a rota chegar ao milhão de passageiros.

      Sobre a situação de Vigo, não tenho acompanhado essas movimentações na rota de Madrid, mas até poderia ser um toque para o subsidio, tal como acabaram de receber na Corunha, ou simplesmente consequência do crescimento da Binter, já que as Canárias são o principal destino de conexão a partir de Vigo. Por acaso não tens um forecast da variação do nº de lugares Galiza?

      João, a Iberia tem imensos aviões e tripulações para fazer NST no Porto quando quiser. Podem estar à espera de consolidar o aumento que houve com a passagem da rota da Air Nostrum para lançar esse 5º diário.

    5. Pedro, não está MAD a ter um crescimento demasiado elevado e rápido? Tem havido aumentos atrás de aumentos, sem muito tempo para a consolidação. Há procura para tanto?

    6. Tem muita lógica. Reduzem as frequências em VGO quando a Iberia recebe subsídios para operar o MAD-LCG. Coincidência?
      Por outro lado, sempre estimei que, com a chegada do AVE à Galiza, a rota para Madrid seria a seguinte:
      – SCQ: Iberia Express sem concorrência (Ryanair cancela MAD-SCQ)
      – LCG / VGO: Air Nostrum (CRJ) e Air Europa Express (ATR)
      Mas LCG já tem que subsidiar a Iberia para voar para Madrid. E a Air Europa (que no seu dia já foi subsidiada) não vejo por que não fará o mesmo. Talvez a Air Europa faça como TAP e no futuro com o AVE decidirá cancelar as rotas de MAD para LCG, VGO e OVD, a menos que obtenha subsídios.
      O que já é uma realidade é que neste verão a mesma Iberia não permitirá conexões confortáveis para sua rede em Madrid a partir de Vigo vários dias por semana, o que é uma novidade bem incrível.

    7. Rui, é uma boa pergunta, mas a verdade é que mesmo após o aumento brutal das últimas temporadas continuamos a ver 3 dos 4 operadores a aumentar capacidade em W19. Madrid sempre foi uma rota explorada muito abaixo do potencial que tinha, agora parece-me que no ponto-a-ponto tem uma oferta adequada, mas ainda há espaço para melhorar ligações (por exemplo, com o NST da Iberia).

      Galiza, não sigo com tanto detalhe a situação em Santiago ou na Corunha, mas em Vigo acho que há uma forte probabilidade de ficar só a Air Nostrum (1-3 diários) na rota assim chegue o AVE.

  16. Atualização 05/07/2019:

    Wizz:
    London Luton – Porto 2 weekly A320 (3 weekly 19DEC19 – 07JAN20; S19: 3 weekly A321)

    Fonte: airlineroute

    1. Mau sinal, tinham carregado inicialmente 3xw com A321 e já vão em 2xw com A320. Os horários também mudam e ficam pouco interessantes, os voos passam a ser à noite com chegadas a Luton à 00h30. Não sei em que é que estão a pensar sinceramente.

    2. Pedro, voltaram a mexer na operação para voo diurno e creio terem passado o voo de terças para quintas no mês de Novembro. Não sei é se alteraram o tipo de aeronave.
      Também carregaram mais 3 voos: 5 e 12 de Dezembro e 9 de Janeiro 2020.
      Pode estar a correr melhor do que previam.

  17. Pedro, É certo que ainda falta algum tempo para fechar o capítulo mas achas que há algum trunfo para além do que foi divulgado por alguma companhia?
    E quanto a necessidades mais gritantes?

    1. Acredito que ainda veremos alguns ajustes, mas não acredito que apareça nada de muito vistoso, normalmente esse tipo de novidades apresentam-se para o Verão.

    1. Um aumento interessante principalmente nos meses de fevereiro e março que pode indiciar um consequente reforço em S20.
      Um aposta mais musculada do grupo IAG este ano. Fico na expectativa de re-anúncio da entrada da AerLingus bem como a aposta em LHR

    2. Concordo, se bem que já devia ser diário todo o ano. De Heathrow melhor nem dizer nada, completamente incompreensível que ainda não tenham recuperado a ligação quando há slots alocados a destinos com bem menos procura.

    3. Outra que também não compreendo é a sazonalidade da Brussels …
      O diário pela hora do almoço, de forma a equilibrar com os 2xd da TAP, penso que se iria ajustar perfeitamente!

    4. A BA deixa tudo para a IB…
      Continuo sem perceber bem esta estratégia até porque têm muito potencial no p2p como nas ligações e deixam esta rota a zeros…
      Até a AF/KLM conseguiu nos últimos tempos combinar bem os 2 hubs para voos de ligação.

    5. MSA, com a entrada da TAP acho que fica o problema causado pela sazonalidade da Brussels fica quase resolvido. Preferia que no Inverno mantivessem o voo da manhã em vez de o da noite, mas no Verão acho que pouco se pode melhorar.

      João, não faz muito sentido não, até porque a IB acaba por cobrir um segmento diferente do que a BA cobriria. Continuo a achar que é uma questão de tempo.

  18. Olá Pete
    Creio que a próxima atualização deste tópico irá trazer grandes reviravoltas no que toca a número de frequências e a lugares disponibilizados com os já anunciados reforços da TAP e menos fáceis de perceber da Lufthansa (a ver se fixam os 21xw durante toda a temporada…).
    A par do 8º voo semanal da AigleAzur, creio que já alguém o anunciou, também a Brussels parece ter mais semanas com 5xw, consegues confirmar ?

    1. Há algumas mudanças sim, principalmente com a TAP, suponho que no total devem valer 2 ou 3 pontos percentuais. Depois há pequenas mudanças como da Brussels, mas ainda não consegui calcular se chegam aos 5.000 lugares ou não.

  19. Pete, não sei se tens isso contabilizado nas tuas anotações pessoais mas mesmo assim questiono-te sobre a variação do número de lugares totais disponíveis na época de inverno nos últimos 5 anos

    1. Que maravilha! A competir com a Ryanair (Laudamotion), e de Verão também com a Level.
      Vamos ver como reage o mercado.

    2. Já à venda 🙂

      W6 2875 VIE 06:00 – 08:25 OPO __3___7
      W6 2876 OPO 09:05 – 13:20 VIE __3___7

      Operados pelo A321 com cap. para 230pax.

    3. No Inverno com esses horários e com tanta capacidade não será uma aposta arriscada? Não é que seja costume na Wizz..

    4. É o que temos visto em Viena, uma das LCCs abre uma rota as outras vão logo a seguir. Duvido que dure muito tempo, mas enquanto durar vai ser bom para estimular o mercado.

    5. Não creio que passar de 0xw para 6xw (caso a Lauda e a Wizz continuem no Verão) seja o ideal…
      Independentemente da aposta da LEVEL estar a correr de forma razoável, também acho difícil que as 3 se mantenham por muito tempo.

    6. Exatamente. Dificilmente a dinâmica atual de marcação cerrada entre Lauda/LEVEL/Wizz pode continuar em Viena, porque a operação lhes está a queimar muito dinheiro, precisa de ser consolidada. Rotas como o Porto, nessa situação, dificilmente se vão manter com os 3 operadores.

  20. Atualização 29 Maio 2019

    TAP Air Portugal

    Amesterdão – 1 voo diário mas em E190
    Bruxelas – 1 voo diário (bi diário entre 5 Dez e 13 Jan)
    Funchal – 2 voos diário (+1 semanal)
    Genebra – 2 voos diários (+2 semanais TP942 TER e QUA)
    Luxemburgo – 1 voo diário (+3 semanais 2 E190 + 1 A319)
    Lyon – (2 diários em E190)
    Madrid – 3 voos diários em E190 (+9 semanais)
    Milão – 13 voos semanais (terça só TP818)
    Munique – diário em A319
    Nova Iorque – 5 voos semanais em A321LR (exp SEG e QUA)

    Os voos para EWR ainda só aparecem no Amadeus, e creio ainda vir haver mais alterações nos próximos dias.

    1. Já consigo ver os EWR com preços. Espero que mantenham os horários e alinhem GRU/GIG a essa faixa, chegam antes das primeiras saidas e apanham as ligações todas. Mesmo no sentido contrário dá para apanhar as principais também, tal como fazem em LIS.

      Interessante LYS manter os 14xw e BRU ficar só com 7xw, para mais sendo o voo da tarde. Poderia estar relacionado com o impacto das rotações >5h nas ligações. Importante também que o 3º diário para MAD se mantenha, embora me surpreenda que opere todos os dias.

    2. Boas Skiespassion, dps não ter percebido a tua publicação, quando colocas por exemplo: “Funchal – 2 voos diário (+1 semanal)” é 15 por semana, ou tinha 13 e adicionaram mais 1 voo, ficando com um total de 2 diárias e assim sucessivamente com Genebra e Luxemburgo? Pois pensava que por exemplo Luxemburgo já tinha voos diários com a TAP.
      Obrigado

    3. Chaves, tinham 13 e adicionam mais 1 voo, ficando com um total de 2 diárias.
      Não esquecer que os aumentos assim como as estatísticas são sempre referentes ao mesmo período anterior, seja mês/trimestre/semestre/época.
      Luxemburgo só é diário no verão.

    4. Aparentemente BCN também se consolida com os 14xw durante toda a temporada ao contrário dos 11xw da época passada…

      Com os aumento já anunciados, juntando os da Transavia, Aigle Azur e EasyJet conto com um inverno muito positivo 🙂

    5. LIS passa para 95xw
      Uma quebra de 29xw face a W18 (passa de 124xw para 95xw) completamente compensada pelo maior número de lugares oferecidos!

    6. Sim, no fundo em linha com o que está a ser o excelente Verão 2019. Se não falhar nada, devemos esperar valores mensais na casa dos 900.000 – 1.000.000 passageiros, até há pouco tempo eram raros mesmo no Verão.

  21. Vale o que vale e se calhar não vale nada, mas andei à procura de voos para Praga para o carnaval do próximo ano e, a Momondo apresenta voos directos da CSA com horários, embora sem preço. Até aparece destacado como “ligação directa mais barata”.

    1. no Site da smartwings desapareceram todos os voos a partir de 11.6.2019. Alguém sabe se cancelaram ou e problema do site

    2. Confirmado pela smart wings todos os voos de 2019 para OPO cancelados. Lá se vai os meus 2 voos diretos mensais para Praga.

    3. Sim, fica suspensa a partir do dia 11, juntamente com a ligação a Lisboa. Está relacionado com a questão dos MAX da Smartwings, não tem aviões disponíveis para cobrir tudo o que tinham programado. A ver se tenho tempo para escrever um artigo sobre o assunto.

    1. Parece-me o habitual de uma conferência de imprensa. Achei mais interessante o diretor ter falado numa base deles, o que dá a entender que é algo em que a ANA está a trabalhar.

    2. Asturias, Santander, ilhas espanholas, Córsega, parecem-me mercados perfeitamente viáveis. A ver o que nos reserva o Verão de 2020, dado o aumento de slots as expetativas são elevadas. O Porto já não é moda, é confirmação!

    3. Nas bases deles Veneza também poderia ser um destino interessante acrescentando mais um destino no norte de Itália.
      Um outro que poderia resultar é Atenas, sobretudo no verão digo eu…

    4. Asturias tem fracassado sucessivamente a partir de Lisboa, não acredito que no Porto tenha outro desfecho, só consigo imaginar se eles quiserem subsidiar a rota. Santander é um bocado redundante havendo Bilbao. Em Espanha, o destino que vejo mais provavel seria Zaragoza, o próprio governo regional de lá já disse que estão a planear subsidiar uma rota para o Noroeste e aí o Porto faz todo o sentido. Para ilhas, diria Menorca, Lanzarote e Corsega, embora prefira esperar para ver.

      João, Atenas não seria rota para eles, mesmo não estando a Aegean, e para Veneza dificilmente vão querer competir com a Ryanair.

    1. Aumenta de diária para 11x por semana certo?
      Será para assutra/travar a entrada da TAP na rota de Munique?
      Se a TAP mantiver o que está previsto, não fica a rota com muitos voos semanais?
      Por mim excelente 😉

    2. Se os horários não se sobrepuserem, até pode potenciar o hub LH/Star Alliance de MUC.

    3. +2 semanais em A319 e +2 em A320, com horários optimizados para melhorar principalmente ligações europeias em ambos sentidos e alguma outra ligação de longo curso à América do Norte e Ásia. Mas realmente a programação tem muitas variações, há muitas semanas sem voos às 3f, outras sem voos às 5f ou Sábados em Dez-Fev.

      Os horários, dentro do possivel, não se pisam muito entre os voos da LH e da TAP.

    4. Surgiram aqui algumas alterações que já se mantêm fixas há algumas semanas:

      11xw: 9x A320 | 2x A319 (8 semanas – 2 primeiras semanas de novembro, 2 últimas semanas de fevereiro e todo mês de março)
      LH1794 & LH1795: 1234567
      LH1782 & LH1783: 1_3_5_7

      10xw: 8x A320 | 2x A319 (4 semanas – fim de novembro a início de dezembro + a 2ª semana de fevereiro)
      LH1794 & LH1795: 1_34567
      LH1782 & LH1783: 1_3_5_7

      09xw: 7x A320 | 2x A319 (6 semanas – início de dezembro a 12 de janeiro + 1ª semana de fevereiro )
      LH1794 & LH1795: 1_3_567
      LH1782 & LH1783: 1_3_5_7

      08xw: 6x A320 | 2x A319 (3 semanas em janeiro)
      LH1794 & LH1795: 1_3_5_7
      LH1782 & LH1783: 1_3_5_7

    5. Excelente compilação MSA! Não está é fácil arranjar tempo para incorporar tanta mudança na minha base de dados.

  22. Não sei se influencia nas contas finais, contudo não encontro nenhuma “restrição” na programação da TAP para BCN e MXP contrariamente ao que aconteceu no ano passado onde tiveram algumas semanas com 11xw e 13xw, respetivamente.

    1. Isso acaba por ser normal, depois mais em cima da hora é que eles costumam fazer esses ajustes. Imagino que este Inverno não será diferente.

    1. Possivelmente é uma gralha da APP. Não é a primeira rota que aparece na APP que não existe.

    2. Ryanair FR5265/52640 (Porto – Cagliari – Porto), de dia 03 Maio por algum motivo esteve programado ( e operou) para Alghero!
      Creio ser esse o motivo de aparecer no calêndário tal como aparece Poitiers de 18 a 27 junho por vez de Tours!

    1. A Turkish já tem à venda os voos entre 29 Mar 2020 e 23 Abril 2020 com 10 voos semanais.
      Será que desde Maio ou Junho vamos ter o voo bi-diário?!

    1. Eles já tinham confirmado que a partir do Inverno todas as rotas portuguesas iam passar a A321LR, mas que iria haver também aumento de frequências. Vamos esperar que acabem de carregar.

  23. Atualização 24 Abril 2019

    Air France

    Pré carregado 6 voos semanais (excepto segunda).

    Transavia

    Paris Orly carregado 30 voos semanais
    Amesterdão até 6 voos semanais, algumas semanas 4 e outras 5. Que segundo a Turisver serão 7.
    https://www.turisver.com/transavia-846-000-lugares-este-inverno-em-portugal/

    Eurowings

    Creio haver uma ligeira redução pois parece exister mais blocos de cortes que em W18/19!

    EWG9640 A320 09:45 DUS/OPO/DUS 10:25 EWG9641 ______7 27OCT19/17NOV19
    EWG9640 A320 09:45 DUS/OPO/DUS 10:25 EWG9641 ______7 22DEC19/12JAN20
    EWG9640 A320 09:45 DUS/OPO/DUS 10:25 EWG9641 ______7 23FEB20/22MAR20
    EWG9640 A320 15:45 DUS/OPO/DUS 16:25 EWG9641 ___4___ 31OCT19/14NOV19
    EWG9640 A320 15:45 DUS/OPO/DUS 16:25 EWG9641 ___4___ 19DEC19/09JAN20
    EWG9640 A320 15:45 DUS/OPO/DUS 16:25 EWG9641 ___4___ 27FEB20/26MAR20

    1. Bem apanhado o aumento da AF, já fica quase voo diário mesmo em temporada baixa. Sobre a Transavia imagino que seja o habitual, fazem uma carga inicial e acertam mais tarde, mas AMS a diário seria bom, se bem que continuar com horários iguais aos KLM acaba por ser pouco inteligente.

      Da Eurowings, como já têm uma operação mínima, menos um voo aqui menos outro ali acaba por ser a mesma coisa.

    2. Parece que a Air France recuou face ao que tinha disponível.
      Passam a 4xw (retiraram o voos das terças e das quintas)

    3. Parece-me que estão a carregar voos porque há imensas falhas na programação deles…

    4. Creio que te escapou os aumentos da Transavia ([24-29xw para 30xw já carregados no caso de ORY] ainda que os 7xw anunciados para AMS ainda não tenham sido carregados)

    5. Já consegui atualizar quase tudo, só falta mesmo rever as operações da Azores, easyJet, Swiss e Transavia, mas não estão esquecidas.

    6. Na Azores está tudo na mesma, e na Swiss a diferença são apenas os voos extra que costumam fazer no Natal, e que ainda não estão carregados. Da easyJet e da Transavia ainda estou a rever.

    1. Excelente notícia.
      Reoresenta a 93 terceira operação em crescimento, 186 movimentos, sendo certo que vão ocorrer mais aumentos como reduções, tudo aponta para um W19 em forte crescimento contra as minhas expectativas.
      Mérito da gestão do AFSC

    2. Bilbao tem tudo para funcionar o ano inteiro, embora a situação de 2 operadores não seja ideal. Por outro lado, no caso da Volotea ainda há uma margem interessante se eles conseguirem acordar com a TAP que o code-share sirva para transferências também.

    3. É possivel, mas para Málaga mesmo em Outubro eles programaram só 2xw, não sei até que ponto estariam a pensar em ter a rota anual. Mas entrando a Ryanair, a easy muito provavelmente consegue encontrar rotas melhores onde colocar os aviões no Inverno.

    1. Olhando rapidamente parece estável comparativamente a W18, Luton aparentemente perde o 4º semanal mas parece-me haver algum reforço para Basileia.

    2. Da rápida pincelada que fiz à programação da EasyJet notei que:
      NCE fica com 2xw em janeiro
      GVA perde 1xw passando a 23xw
      TLS atinge os 5xw em algumas semanas
      BSL passa a variar entre 10xw e 13xw
      LYS passa a variar entre 09xw e 10wx
      STR passa a variar entre 2xw e 3xw
      NTE passa a variar entre 2xw e 4xw

      Janeiro é sempre um mês em que a EasyJet reduz bastante a sua operação…
      Peço que confirmes, Pete, quando tiveres oportunidade!

    1. 2x/sem – base de Viena
      2ªf. 16.05h/18.30h – 18.55h/23.05h
      6ªf 5.50h/8.15h – 8.40h/12.50h

  24. Pete, não sei se tem grande interesse ou não, mas como apareceu em W18 te aviso que a Azores tem no W19 três ligações a Boston interessantes desde o OPO as segundas, terças e quartas.
    Sendo a da segunda feira, aquela que apresenta um layover maior em PDL de 4h5m no sentido OPO-BOS, nas restantes o layover anda no máximo entre uma hora e picos e duas horas e tal.

    1. Eles sempre ofereceram ligações rápidas em PDL, tem é o problema das baixas frequências. É pena, porque bem gerido podia ser uma plataforma mais relevante nas ligações à América do Norte.

    1. Já está na tabela. A Vueling geralmente nunca concretiza as programações iniciais, mas mesmo que passe o habitual corte mais em cima, será um aumento muito forte da operação deles.

    1. Bem visto MSA! Prolongam ao Inverno o aumento do Verão, suponho que por estarem satisfeitos com a resposta da procura agora em W18.

    2. Night stop da Air Europa é desnecessário na minha opinião. A operação deles em Madrid já está feita para não precisar de NST, e com o tamanho da rede atual, dificilmente vão precisar nos próximos tempos.

      O da Iberia sim, faz falta.

  25. Pete, creio que ainda não fiz a pergunta…
    O que prespetivas para esta temporada?
    A entrada de DXB e VCP são realmente fortes motores para mais uma época de sucesso…

    1. Em principio as perspectivas são boas, há muita coisa nova de S19 que pode facilmente passar para o Inverno (Air France, easyJet, Level, Vueling, os reforços de longo curso da TAP, etc) para além do que já temos na tabela.

      Parece-me que podemos ver crescimento de dois dígitos, mesmo assumindo alguns cortes que por norma só aparecem mais lá para a frente.

    1. Os meus 21x era o total dos abandonados, contabilizei precisamente menos 13x semana Lisboa.

    2. Ok, estou a entender. Mesmo assim, não seriam 21xw, os 2xw de Lorient foram só até Janeiro e pelo que eles disseram, só caem +2 rotas para além de Lorient, não +3.

    3. Creio que CIA não desista… Pode é ter o merecido reforço quando for anunciado o calendário Italiano com aviões da base de lá

    4. Ok. Mas os meus 21x foram de acordo com a tabela do tópico. Tirei Lis, Edimburgo, Nápoles, Varsóvia e Lorient

    5. Vamos considerar que por agora fica, só não está carregada. Eles anunciaram cortes fortes lá recentemente, tanto para o Verão como para o Inverno, e o Porto não foi incluído na lista.

    6. WMI parece cair sim, no entanto LIS e SXB continuam sem carregar!
      Por outro lado entre 27 Out e 05 Nov existe já um grande aumento de frequências que pode querer dizer que muito ainda está por carregar após 05 Nov.

    7. Suponho que os ajustes finais não devem tardar, e já vamos ficar a saber exactamente o que vai operar. Este mês já começam a atribuir slots para W19.

  26. Contabilizo uma média de 22x semana de incremento da Ryanair, com uma redução de 21x (falta por a redução da rota Lisboa-Porto no quadro). Está praticamente nulo em número de pax da Ryanair entre W2018 e W2019. Nesse prisma é negativo o calendário da ryanair para o Inverno, como é negativo não haver quase concorrência à TAP no Porto-Lisboa. Positivo termos mais diretos para a Europa, evitamos cada vez mais escalas

    1. Quando a Ryanair tem para W18 4,4M e passa para 4,35M em W19 claramente não é positivo em numero de passageiros. Eles próprios deixam isso bem claro.

      A vantagem é a diversificação de oferta. Em termos de passageiros transportados o crescimento previsto é de -1%.

    2. Diogo, estás a fazer mal as contas. Primeiro, Lisboa está este Inverno com 19xw, não com 21xw. Depois, pelo que deram a entender, a rota vai continuar. Supondo os mesmos moldes do Verão, o corte seria de 13xw, o que daria um saldo de +8xw. Não é brilhante, mas é positivo.

      João, quando eles fazem a previsão 4.35/4.4M é praticamente a mesma coisa, está dentro da margem de erro. Quando apresentaram o Verão disseram 4.2M.

  27. No Porto:

    8 novas rotas para Alicante (2 x semana), Birmingham (2), Bremen (2), Brive (2), Budapeste (2), Málaga (3), Toulouse (3) e Veneza Treviso (2)
    Total de 50 rotas
    Mais frequências em 4 rotas existentes
    4,35 milhões de passageiros p.a.

    https://corporate.ryanair.com/news/ryanair-lanca-horario-de-inverno-recorde-para-portugal-106-rotas-15-novas-111-milhoes-de-passageiros-60-milhoes-de-passageiros-de-para-portugal-desde-2003/?market=?market=pt

    1. No fundo são 3 novas rotas, Malaga, Budapeste e a já anunciada Toulouse e 5 novas rotas de inverno.

    2. Será muito interessante se não existirem reduções, não só Lisboa.
      Cheira também um pouco a marcação à Easy Jet. Ver o que se passou com Toulouse, Bordeaux e na zona do País Valenciano e Andaluzia ( Valência, Sevilha, Alicante, Málaga).
      O nosso aeroporto pode ganhar se forem sustentáveis.

    3. Boas rotas.
      Aparentemente OPO-LIS é para terminar.
      Tanto em Lisboa como no Porto os lugares anunciados são inferiores ao Inverno de 2018 (-100k em LIS e -50k no Porto).

      Não deixa de ser interessante a diversificação de rotas.

    4. A Ryanair tem redução, comparativamente a W18???
      Tudo bem que Lisboa não terá os 3 diários, terá só 1 à partida….(redução de 14 semanais) Mas é a única rota q reduz certo?
      Estes novos anúncios prefazem 18 semanais

    5. São os ajustes habituais mais Budapeste, Málaga e Toulouse. Vejo também que a previsão para este ano foi agora revista em alta, e já volta a enquadrar com com a capacidade prevista.

      O PressTur tem uma boa cobertura da conferência, nomeadamente com a questão da rota de Lisboa (mais ou menos o que discutimos aqui):
      http://www.presstur.com/empresas—negocios/aviacao/ryanair-estreia-15-rotas-de-para-portugal-e-abandona-nove-no-proximo-inverno/

      http://www.presstur.com/empresas—negocios/aviacao/ryanair-reduziu-oferta-de-voos-lisboa–porto-para-poder-reforcar-para-outros-destinos/

    6. “Havendo capacidade no Aeroporto Humberto Delgado, David O’Brien considera que “provavelmente manteríamos dois ou três voos por dia” entre Lisboa e o Porto, admitindo, contudo, que “não é uma rota principal na nossa actividade”.

      “Não era uma rota hiper lucrativa. Os passageiros das rotas domésticas tendem a não levar bagagem, tendem a não consumir muito café”, continuou o executivo, indicando que se trata de uma rota “modesta” nas contas da low cost.

      “Quando se tem aviões baseados como nós temos em Lisboa e no Porto, ajuda ter rotas pequenas para conseguir utilizar os aviões. Então se [essas rotas] tiverem um contributo modesto é bom”, explicou.

      Contudo, “é uma rota principal para a TAP”, salientou David O’Brien, para comentar que “a estratégia deles [da TAP] é levar as pessoas do Porto para Lisboa. A nossa é [ter] voos directos”.”

      Eles sabem bem o que a TAL gosta de fazer.

    7. GOC, após uma rápida pesquisa:

      CGN carregado 6 semanais (+2)
      FRA pré carregado 7 semanais (+1)

      Também eu tenho duvidas com LIS, WMI, EDI e NAP. Temo que passem a sazonais. Ou nem isso!

      NAP creio fazer mais sentido que CAG!

      ALC creio fazer tão ou menos sentido que PMI!

      BUD, só mesmo para fazer frente à WizzAir! Assim como AGP e TLS para com a easyjet!

      VLC, 2 semanais continua a ser muito pouco, 95,3% de ocupação em JAN19 que somente a melhor ocupação em JAN19 da Ryanair em Valência!

      DUB também acho muito pouco, pelo menos 3 daria de certeza, senão 4 semanais!

      Ou seja, na realidade não vejo novidades em novas rotas, vejo sim cada vez menor sazonalidade o que é muito importante também.

    8. Horários das novas rotas:

      Budapeste:

      FR8864 OPO 07:15 – 11:50 BUD _2_____
      FR8865 BUD 12:15 – 14:50 OPO _2_____

      FR8864 OPO 15:30 – 20:05 BUD _____6_
      FR8865 BUD 20:30 – 23:05 BUD _____6_

      Málaga:

      FR8862 OPO 12:10 – 14:35 AGP _2_____
      FR8863 AGP 15:10 – 15:35 OPO _2_____

      FR8862 OPO 07:15 – 09:40 AGP ___4___
      FR8863 AGP 10:15 – 10:40 OPO ___4___

      FR8862 OPO 11:25 – 13:50 AGP _____6_
      FR8863 AGP 14:25 – 14:50 OPO _____6_

      * já tinha colocado o horário de TLS (uns tópicos mais em baixo)

    9. Eles disseram 50 rotas, portanto a expectativa é que sejam 2 rotas + Lorient a não operarem no Inverno. Isto é sempre susceptível de mudanças mais em cima da hora, mas por agora é o que eles anunciaram.

      Sobre as novas rotas, Budapeste precisa claramente de capacidade no Verão. No inverno, um 3º semanal da Wizz dava para cobrir, mas eles também não se tem mexido. Málaga imagino que já estivesse planeado, só coincidiu com o anuncio da easyJet. E Toulouse já tem volume para 2º operador, à semelhança do que aconteceu com Lyon e Nantes, e devia acontecer com Marselha também.

      Claro que haveriam outras rotas a precisar de reforço, onde a Ryanair está sozinha (BLQ, CIA, DUB, HAM, SXF, VLC, etc) ou para onde não há voos (HAJ, PSA, ZAZ, etc), mas já se sabe, nessas situações eles ficam confortáveis e só reagem perante um outro operador.

    10. A Ryanair, devido aos últimos problemas, está a reestruturar tudo e mais alguma coisa a nível interno. Acredito que está situação será de “dar um passo atrás para dar dois para frente” em breve.

  28. Atualizado com as alterações à operação da RAM, a entrada da Ryanair na rota de TLS e a extensão de DXB ao inverno. Falta só Treviso creio, mas ainda não estão carregados os voos.

    1. Não queria dizer muitas novidades… Vão é anunciar em breve o calendário completo de Inverno para o Porto.. Vamos ver o que nos toca…
      Para já, da Ryanair, temos aumentos para Londres e Madrid e esta nova de Toulose..
      Serão bem mais as novidades…

    2. É interessante ver q a Ryanair continua a abrir novas rotas de e para França (TLS já é o 3° aeroporto francês com pelo 2 companhias a voar de/para AFSC após Paris e Lyon…)
      Por mim, continuo a sonhar alto com concorrência à Ryanair em Marselha, mas é dificil; como por coincidência ainda hoje li na imprensa regional que vai apostar forte numa base local, logo imagino que espantaria toda concorrência… algum dos ‘bloggers’ mais bem informados consegue investigar se mais outra companhia aérea a entrar na rota MRSOPO é outra novidade para S19?

    1. Além da abertura da base de Toulouse, tb abriu a de bordéus, no inverno os voos passar a ser efectuados por la, o que abre sempre 3 horários na base do Porto

    2. Marselha também será base da Ryanair com 3 avião base.
      Os voos para Marselha serão operados por aviões base OPO, permitindo que de domingo a sexta (6 x semana) o avião deixe de fazer voo MRS/NTE/MRS regressando logo de seguida ao Porto e pelo mesmo raciocínio do Zoficial abre mais 6 rotações na base do Porto!

    1. Então vai ser rota anual! Espero mesmo que corra bem e que a Emirates continue no Porto durante muitos e muitos anos

  29. a Ryanair já colocou à venda, apesar de ainda não dar para comprar, alguns voos para o Inverno, Madrid sobe para 9x, Londres para 20x e Paris Beauvais para19x. Claro q pode haver um retificação dos horários, como é habitual.

    1. Estão pré-carregados, provavelmente não vão durar muito a aparecer. Principalmente Londres é um mercado que continua a precisar de frequências, e a concretizar-se esse aumento é muito bom. Vamos ver o que acontece quando aparecer a programação completa.

    1. Não é só o Brexit, é mesmo o final deste ciclo de crescimento. Acho que a maioria das companhias europeias estão a notar esse efeito nas margens.

    1. Obrigado.

      És tu que andas a comentar no blog de Vigo? Eles não curtem muito isso, acham que nos estamos a armar

    2. Hahaha, fui lá ontem a primeira vez. Respeito-os imenso e eu própria por vezes uso Santiago para voos diretos para Roma FCO com a Vueling. Mas enquanto quiserem os três serem grandes potências internacionais (Vigo, Santiago e A Coruña) não vão a lado algum. Ainda para mais espera-se que em julho arranque a operação da Arriva por linha férrea entre A Coruña e o Porto com quatro viagens diárias. Um passo que pode favorecer o Porto e retirar ainda mais passageiros à Galiza…

    3. Sim mas mais vale não os chatear. Seria tipo os lisboetas virem para aqui armarem-se que temos de ir lá apanhar voos e que aqui somos uma aldeia

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.